Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4313
Título: Micropropagação e teor de óleo essencial in vitro de Melissa offinalis L.
Título(s) alternativo(s): Micropropagation and essential oil content in vitro of Melissa officinalis L.
Autor : Reis, Erika Soares
Primeiro orientador: Pinto, José Eduardo Brasil Pereira
Primeiro membro da banca: Guimarães, Renato Mendes
Área de concentração: Fitotecnia
Palavras-chave: Melissa officinalis L.
Planta medicinal
Cultura de tecidos
Medicinal plant
Tissue culture
Data da publicação: 3-Out-2014
Referência: REIS, É. S. Micropropagação e teor de óleo essencial in vitro de Melissa officinalis L.. 2007. 58 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2007.
Resumo: Com o objetivo de estabelecer o protocolo de micropropagação e estudar o teor de óleo essencial in vitro de Melissa officinalis, realizou-se cinco experimentos: 1) efeito do meio de cultura e sacarose na germinação de sementes in vitro; 2) meios de cultivo na multiplicação in vitro; 3) volumes de meio de cultura na micropropagação de melissa, 4) tipo de explante no cultivo in vitro e 5) influência do meio de cultura na produção e composição química do óleo essencial de Melissa officinalis. Constatou-se que o meio MS/4 proporcionou maior índice de velocidade de germinação e maior porcentagem de germinação. Para o comprimento da parte aérea, foi observado que o meio MS produziu melhores resultados. No experimento de taxa de multiplicação, observou-se que plântulas de M. officinalis subcultivadas em meio MS contendo 4,44 µM de BAP apresentaram um maior número de brotos, mas, com um pequeno número de nós e comprimento de broto. Não houve formação de raízes. Maior taxa de multiplicação foi obtida em plântulas cultivadas em meio MS. O volume de meio influenciou significativamente o número de nós e o comprimento da maior brotação. Com relação ao tipo de explante, observou-se que os segmentos nodais obtidos das posições mediana e basal produziram um maior número de brotos e o segmento apical produziu brotos com maior número de nós e maior comprimento. No experimento com óleo essencial, as plântulas cultivadas em meio MS e MS/4 apresentaram um maior teor de óleo essencial, sendo identificados os componentes majoritários: geranial (25,23% e 16,21%, respectivamente) e o neral (24,5% e 20,53%, respectivamente). Já o componente majoritário presente no óleo de plântulas de Melissa officinalis cultivadas em meio MS/2 foi o acetato de nerila (18,69%).
With the objective of studying the Micropropagation and Essential Oil Content in vitro of Melissa officinalis five experiments were carried out: 1) effect of the culture medium and sucrose in seeds germination in vitro; 2) culture medium in the multiplication in vitro; 3) volumes of culture medium of Melissa officinalis micropropagation; 4) explante type in the culture in vitro and 5) influence of the culture medium in the production and chemical composition of the essential oil of Melissa officinalis. It was verified that MS/4 medium provided larger index of germination speed and larger germination percentage, and for the length of the aerial part it was observed that MS medium produced better results. In the experiment of multiplication rate it was observed that plantlets of M. officinalis cultivate in MS medium containing 4,44 µM of BAP presented a larger number of shoot, but with small number of nodes and shoot length. Having no roots formation. Larger multiplication rate was obtained in cultivated plants in MS medium. Medium volume influenced significantly the number of nodes and the length of the largest shoot. With relationship to the explante type was observed that the nodal segments obtained from medium and basal positions produced a larger number of shoots and apical segment produced shoots with larger number of nodes and larger length. In the experiment of essential oil, the plantlets grown in the MS and MS/4 medium presented a larger tenor of essential oil, being identified the majority components: geranial (25,23% and 16,21%, respectively) and neral (24,5% and 20,53%, respectively), out the major component present in the oil of M. officinalis plants cultivated in MS/2 medium was nerila acetate (18,69%).
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4313
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.