Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4430
Título: Efeito-barreira causado por rodovias sobre primatas: o caso de estudo do Sagui-de-tufos-pretos (Callithrix penicillata)
Título(s) alternativo(s): Impacto de rodovias sobre primatas: o caso de estudo do sagui-de-tufos-pretos (Callithrix penicillata)
Autor : Secco, Helio Kinast Cruz
Primeiro orientador: Bager, Alex
Primeiro membro da banca: Gregorin, Renato
Melo, Fabiano Rodrigues de
Área de concentração: Ecologia e Conservação de Recursos em Paisagens Fragmentadas e Agrossistemas
Palavras-chave: Primata - Conservação
Ambiente urbano
Travessias
Medidas de mitigação
Primate conservation
Urban environment
Crossings
Mitigation measures
Data da publicação: 2014
Referência: SECCO, H. K. C. Efeito-barreira causado por rodovias sobre primatas: o caso de estudo do Sagui-de-tufos-pretos (Callithrix penicillata). 2014. 115 p. Dissertação (Mestrado em Ecologia Aplicada)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: Rodovias são empreendimentos diretamente associados ao desenvolvimento socioeconômico de regiões interconectadas, mas que também acarretam diversos impactos ambientais. A fauna é constantemente afetada por dois dos seus principais impactos: o atropelamento e a fragmentação do ambiente. Os primatas são um dos grupos mais representativos da fauna brasileira, e apesar de serem diretamente afetados por esses impactos, é um dos grupos menos estudados. Sendo assim, na presente dissertação teve-se como objetivos: gerar um diagnóstico nacional sobre os impactos de rodovias sobre primatas, de forma a evidenciar o atual patamar de conhecimento sobre o tema, avaliar quais são os fatores determinantes para a escolha de locais de travessias por saguis-de-tufos-pretos (Callithrix penicillata) em rodovias, além de identificar características da vegetação e da paisagem preferenciais para a ocupação dessa espécie em fragmentos florestais impactados por rodovias. No primeiro capítulo, contextualizamos as formas de impacto de rodovias sobre a fauna arborícola em geral, além de caracterizar todos os aspectos inerentes à biologia da espécie utilizada como modelo de estudo, no terceiro capítulo. No segundo capítulo, apresentamos o diagnóstico dos impactos de rodovia sobre primatas no Brasil, com base na aplicação de um formulário com perguntas envolvendo a temática acerca dos impactos de rodovias sobre primatas, para que pesquisadores especialistas em primatas respondessem levando em consideração sua experiência e percepção. Os cinco impactos causados por rodovias com maior grau de ameaça aos primatas foram: formação de áreas abertas, caça, atropelamento, introdução de espécies exóticas e ruído sonoro. Ao todo 63, espécies de primatas brasileiros foram citadas como espécies comprovadamente impactadas por atropelamentos. No terceiro capítulo, buscamos avaliar quais características da rodovia são mais importantes para a ocorrência de travessias de saguis. Para isso, monitoramos quatro trechos de rodovia em três períodos de horários distintos, registrando travessias realizadas por saguis-de-tufos-pretos. Ao todo, foram registradas 200 travessias de saguis (168 aéreas e 32 terrestres), e a presença de conexão do dossel acima da rodovia foi o fator mais relevante para o aumento do número de travessias nos trechos. No quarto capítulo, avaliamos se os saguis evitam áreas próximas de rodovias, além de identificar quais as variáveis determinantes para a ocupação da espécie em fragmentos florestais impactados por rodovias. Nossos resultados indicam que a espécie ocorreu em maior frequência em fragmentos impactados do que em controles, apesar de não ter apresentado diferença entre quadrantes que formavam a borda dos fragmentos em relação aos localizados no interior. Os GLMMs destacaram as variáveis preditivas CatQ (categoria do quadrante), Zscore_Moran (índice relativo à auto-correlação espacial dos quadrantes), Tarde (período do dia das 12:00pm às 6:00pm), Dist_rod (distância do quadrante para a rodovia) e T_borda (tipo de borda mais próxima do quadrante), como integrantes dos modelos mais explicativos em relação à variável resposta (presença de saguis em cada quadrante). Nesse contexto, entender quais são os processos e fatores que são responsáveis pela manutenção das espécies nos fragmentos é de suma importância para a tomada de decisões no que se refere ao manejo do ambiente para a conservação das espécies.
Abstract: Road projects are directly linked to the socioeconomic development of interconnected regions, but they also lead to various environmental impacts. The fauna is constantly affected by two of their main impacts: trampling and environment fragmentation. Primates are one of the most representative groups of the Brazilian fauna and, although they are directly affected by these impacts, they are one of the least studied groups. Thus, the objectives of this dissertation were: create a national diagnosis on the impacts of roads on primates, in order to show the current level of knowledge on the subject, evaluate which are the determining factors for the choice of crossing spots by black-tufted-ear marmosets (Callithrix penicillata) on roads, besides identifying characteristics of vegetation and landscape preferred for the occupation of this species in forest fragments impacted by roads. In the first chapter, the various impacts of roads on the arboreal fauna in general were contextualized, besides the characterization of all aspects of the biology of the species used as a model in the third chapter. In the second chapter, the diagnosis of road impacts on primates in Brazil was presented, through the application of a form with questions involving the issue of the impacts of roads on primates, so that expert researchers in primates responded, taking into consideration their experience and perception. The five impacts caused by roads with a higher degree of threat to primates were: formation of open areas, hunting, trampling, introduction of exotic species and audible noise. Altogether, 63 species of Brazilian primates were cited as demonstrably impacted by trampling. In the third chapter, we sought to evaluate which characteristics on roads are the most important for the occurrence of marmoset crossings. Therefore, four stretches of road were monitored in three different time periods, recording crossings performed by black-tufted-ear marmosets. Altogether, 200 marmoset crossings (168 aerial and 32 terrestrial) were recorded, and the presence of a canopy connection above the road was the most relevant factor to the increase in the number of crossings. In the fourth chapter, we evaluated whether marmosets avoid areas close to roads, besides identifying the determinant variables for the occupancy of the species in forest fragments impacted by roads. Our results indicate that the species occurred with a higher frequency in impacted fragments than in controls, although no difference was observed between the quadrants that formed the edge of the fragments in relation to those localized inside. The GLMMs highlighted the predictive variables CatQ (quadrant category), Zscore_Moran (index on the spatial correlation of quadrants), Tarde (time of day from 12:00 pm to 6:00 pm), Dist_rod (distance from the quadrant to the road) and T_borda (edge type which is the closest to the quadrant), as part of the explanatory models regarding the response variable (presence of marmosets in each quadrant). In this context, understanding what are the processes and factors responsible for the maintenance of the species in the fragments is of paramount importance for decision-making regarding the management of the environment for the conservation of the species.
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aplicada, área de concentração em Ecologia e Conservação de Recursos em Paisagens Fragmentadas e Agrossistemas, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4430
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.