Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/460
Título: Speckle tracking bidimensional em cães com degeneração mixomatosa valvar mitral
Autor : Mantovani, Matheus Matioli
Primeiro orientador: Muzzi, Ruthnéa Aparecida Lázaro
Primeiro membro da banca: Nogueira, Rodrigo Bernardes
Muzzi, Leonardo Augusto Lopes
Yamato, Ronaldo Jun
Área de concentração: Ciências Veterinárias
Palavras-chave: Ecocardiograma
Miocárdio
Strain
Strain rate
Echocardiogram
Endocardiosis
Myocardial
Data da publicação: 2012
Referência: MANTOVANI, M. M. Speckle tracking bidimensional em cães com degeneração mixomatosa valvar mitral. 2012. 66 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: A degeneração mixomatosa da valva mitral (DMVM) é a cardiopatia adquirida mais comum em cães e a principal causa de insuficiência cardíaca congestiva (ICC). Os índices ecocardiográficos convencionais, utilizados para avaliação da função sistólica, sofrem interferência da pré-carga e pós-carga, tornando a detecção da disfunção miocárdica na presença DMVM desafiadora. A mensuração das velocidades e da deformidade miocárdica pelas variáveis strain (St) e strain rate (StR), por meio do speckle tracking bidimensional, tem-se mostrado um método eficaz na identificação precoce de disfunção ventricular e menos influenciada pelas alterações de pré e pós-carga. Sendo assim, o objetivo desse estudo foi avaliar as velocidades e deformidade miocárdica global e regional, via speckle tracking bidimensional, em cães saudáveis e nos diferentes estágios da degeneração mixomatosa valvar mitral. Foram selecionados 48 cães, sendo 12 clinicamente saudáveis (grupo1), 12 com DMVM sem remodelamento cardíaco (grupo 2), 12 com DMVM com remodelamento cardíaco sem ICC (grupo 3) e 12 com DMVM e ICC (grupo 4). Os animais foram submetidos aos exames clínico cardiológico, eletrocardiográfico e ecocardiográfico para obtenção das variáveis a serem estudadas. Foi observado que os valores médios de St radial, circunferencial e StR radial foram maiores nos grupos 3 e 4 quando comparados aos grupos 1 e 2. No entanto, não houve diferença significativa entre os grupos quando comparados os valores do St longitudinal, StR circunferencial e longitudinal, bem como nas velocidades epicárdicas e endocárdicas do sentido radial. Portanto, conclui-se que a detecção da disfunção miocárdica de forma precoce pelas variáveis strain, strain rate e velocidade miocárdica, obtidas pelo speckle tracking bidimensional, é limitada pelas condições de sobrecarga ventricular.
The degenerative myxomatous mitral valve disease (DMMVD) is the most common acquired heart disease in dogs and the main cause of congestive heart failure (CHF). The conventional echocardiographic indices used for the assessment of systolic function, suffer by interference of preload and afterload, making detection of myocardial dysfunction in the presence of DMMVD a challenge. The measurement of the myocardial deformity and velocities by means of the variables strain (St) and strain rate (StR), using two-dimensional speckle tracking has, been shown to be an effective method for early identification of ventricular dysfunction and less influenced by changes in pre and post -load. Thus, the aim of this study is to evaluate global and regional myocardial deformity and velocities, by means of two-dimensional speckle tracking in healthy dogs and those in various stages of degenerative myxomatous mitral valve disease. For this purpose, were selected 48 dogs, being 12 clinically healthy subjects (control group), 12 with DMMVD without cardiac remodeling (group 2), 12 with DMMVD with cardiac remodeling without CHF (group 3) and 12 with DMMVD and CHF (group 4). The animals were submitted to clinical cardiological examinations, electrocardiography and echocardiography to obtain the variables studied. It was observed that the mean values of radial and circumferential St and radial StR were higher in groups 3 and 4 compared to groups 1 and 2. However, no significant difference between the groups was observed when comparing the values of longitudinal St, circumferential and longitudinal StR and epicardial and endocardial velocities in the radial direction. Therefore, it was concluded that the detection of myocardial dysfunction at an early stage by the variables strain, strain rate and myocardial velocity, obtained by two-dimensional speckle tracking in dogs with degenerative myxomatous mitral valve disease is limited.
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias, área de concentração em Ciências Veterinárias, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/460
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.