Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/46019
metadata.artigo.dc.title: Potencial energético da madeira de espécies oriundas de plano de manejo florestal no estado do Rio Grande do Norte
metadata.artigo.dc.title.alternative: Energy potential of species from forest management plan for the Rio Grande do Norte state
metadata.artigo.dc.creator: Santos, Rosimeire Cavalcante dos
Carneiro, Angélica de Cássia Oliveira
Pimenta, Alexandre Santos
Castro, Renato Vinícius Oliveira
Marinho, Itaragil Venâncio
Trugilho, Paulo Fernando
Alves, Isabel Cristina Nogueira
Castro, Ana Flávia Neves Mendes
metadata.artigo.dc.subject: Potencial energético
Semiárido nordestino
Qualidade da madeira
Propriedades da madeira
Energy potential
Northeast semiarid
Wood quality
Energetic properties
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
metadata.artigo.dc.date.issued: Jun-2013
metadata.artigo.dc.identifier.citation: SANTOS, R. C. dos et al. Potencial energético da madeira de espécies oriundas de plano de manejo florestal no estado do Rio Grande do Norte. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 23, n. 2, p. 491-502, abr./jun. 2013. DOI: 10.5902/198050989293.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O objetivo do trabalho foi avaliar o potencial energético das madeiras de espécies sob plano de manejo florestal provenientes da região do Seridó, no estado do Rio Grande do Norte. Utilizou-se na pesquisa, madeiras das espécies Jurema-preta, Pereiro, Marmeleiro, Catingueira, Mororó, Imburana, Jurema-branca e Mofumbo, aos 20 anos de idade, originadas da fazenda Dominga no município de Caicó/RN. Foram realizadas na madeira, as análises da densidade básica, teores de materiais voláteis, cinzas e carbono fixo, poder calorífico superior, composição química elementar e relações carbono/nitrogênio (C/N) e carbono/ hidrogênio (C/H). Adicionalmente, estimou-se a quantidade de energia produzida em kW.h.m-3 e em kW.h.ha-1 para todas as espécies. O experimento foi realizado segundo um delineamento inteiramente casualizado com oito tratamentos (espécies), quatro repetições (árvores–amostra), totalizando 32 unidades amostrais. Houve diferença significativa, a 5 % de significância, entre os tratamentos para todas as variáveis analisadas, exceto para a porcentagem de hidrogênio e relação C/H. Conclui-se que a madeira de Mororó apresenta alto potencial energético, e juntamente com a Jurema-preta, maior geração de energia por m3, além de proporcionar maior economia para uma mesma produtividade. O potencial energético da madeira de Jurema-preta se destaca entre as espécies estudadas. A madeira de Pereiro se destaca na produção de energia por hectare. As madeiras de Jurema-branca e Marmeleiro são indicadas como potenciais para queima direta. A madeira de Imburana não é recomendada para a geração de energia.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The objective was to evaluate the energy potential of woods of species under forest management plan from Seridó region in the Rio Grande do Norte state. It was used the wood species Jurema Preta, Pereiro, Marmeleiro, Catingueira, Mororó, Imburana, Jurema Branca and Mofumbo, at 20 years old, originated from the Dominga's farm in the Caicó/RN municipality. The density, the content of volatiles, the ash and fixed carbon, calorific value, elemental composition and carbon/nitrogen (C/N) and carbon/ hydrogen (C/H) analysis were carried out in the wood. Additionally, the amount of energy produced in kW.h.m-3 and kW.h.ha-1 for all species was estimated. The experiment was conducted in a completely randomized design with eight treatments (species), four replicates (sample trees), adding up to 32 sampling units. There were significant differences, at 5 % significance between treatments for all variables, except for hydrogen percentage and C/H ratio. It was concluded that Mororó´s wood shows high energy potential, and along with Jurema Preta, presents higher energy generation per m3, and provides greater economy for the same productivity. The energy potential Jurema Preta wood´s stands out among the species. Pereiro's wood stands for energy production per hectare. Marmeleiro and Jurema Branca's woods are indicated as direct burning potential and Imburana's wood is not recommended for power generation.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/46019
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DCF - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons