Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/46754
metadata.teses.dc.title: Características ambientais de fragmentos da mata atlântica: sua relação com a estrutura de habitat e métricas de paisagem
metadata.teses.dc.title.alternative: Environmental characteristics of atlantic forest fragments: its relationship with habitat structure and landscape metrics
metadata.teses.dc.creator: Pastana, Dayane Nathália Barbosa
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/9276189212377576
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Brandão, Renata Dias Françoso
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Brandão, Renata Dias Françoso
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Carvalho, Luis Marcelo Tavares de
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Machado, Ricardo Bomfim
metadata.teses.dc.subject: Paisagens fragmentadas
Complexidade de habitat
Ecologia de paisagem
Conservação de áreas fragmentadas
Conservation of fragmented areas
Habitat complexity
Landscape ecology
Fragmented landscapes
metadata.teses.dc.date.issued: 15-Jul-2021
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
metadata.teses.dc.identifier.citation: PASTANA, D. N. B. Características ambientais de fragmentos da mata atlântica: sua relação com a estrutura de habitat e métricas de paisagem. 2021. 68 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2021.
metadata.teses.dc.description.resumo: Essa dissertação é composta por dois artigos. No primeiro foi realizada uma revisão sobre a estrutura de habitats. Foram realizadas buscas na base de pesquisa Scopus, com o auxílio de palavras-chave em inglês. As buscas ocorreram durante 12 meses e os artigos selecionados para leitura foram analisados quanto aos métodos utilizados e resultados obtidos. A estrutura do habitat é fundamental para ocorrência, estabelecimento de padrões comportamentais e sociais de várias espécies. Ainda é difícil identificar quais estruturas são consideradas “chave” para ocorrência de cada taxa por conta da falta de repetibilidade de trabalhos que visem estudar as relações da estrutura do habitat com os padrões de cada taxa. Algumas estruturas merecem atenção por terem sido relacionadas ao aumento da ocorrência de diferentes espécies: cobertura florestal, tipo de cobertura do solo, propriedades do solo, diversidade de árvores, altura média da vegetação, abertura do sub-bosque, altura do dossel, cobertura e profundidade da serapilheira. Somente poucas estruturas foram realmente identificadas como uma estrutura-chave, que é o caso da cobertura florestal, em relação a organização básica das redes de frugivoria e riqueza de espécies de mamíferos, assim como a estratificação florestal para ocorrência de aves e pântanos temporários, para ocorrência de diversos táxon. Já no segundo artigo, foram testadas as relações entre a estrutura de habitat e métricas da paisagem. Foram selecionadas áreas de 60 m x 20 m em 30 paisagens distribuídas por Minas gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. Nessas áreas foram coletadas a serapilheira acima do solo, amostras de solo para obtenção da matéria orgânica, abertura do sub-bosque, abertura e diversidade da serrapilheira, temperatura e umidade do ar. Layers de classificações do uso do solo do Mapbiomas foram usadas para o cálculo das métricas de paisagem pelo pacote “Landscape”, no Software R versão 4.1. Usando modelos lineares generalizados, foi testada a relação entre variáveis de estrutura de habitat e de paisagem. O aumento no número de fragmentos de floresta natural tende a diminuir a diversidade da serrapilheira e a matéria orgânica encontrada em um micro-habitat físico, isso porque um maior número de fragmentos significa maior fragmentação. Isto é corroborado com o resultado que mostra que a área central de fragmentos de floresta natural tem relação positiva a diversidade da serrapilheira e matéria orgânica e negativa a temperatura mínima, deixando o ambiente com temperaturas mais agradáveis. O aumento da área central e média da área de fragmentos de floresta plantada tende a ter uma maior quantidade de serapilheira, isso pode estar relacionado ao tipo de espécie encontrada no fragmento. Quanto maior a média da área e a relação perímetro-área dos fragmentos de floresta natural a umidade máxima local diminui isso porque a uma maior concentração de árvores juntas diminui a exposição à temperaturas elevadas. Esses resultados são importantes para subsidiar a identificação de estruturas importantes para gerar ambientes propícios a manutenção das espécies locais, identificação do limiar da ação antrópica sobre a estrutura de habitat e auxiliar o desenvolvimento de políticas públicas e otimizar os métodos atuais de monitoramento da conservação de áreas fragmentadas.
metadata.teses.dc.description.abstract: This dissertation consists of two articles. In the first, it was made a review about habitat structure. Searches were realized in the Scopus research base, with the help of keywords in English. The searches of bibliography took place over 12 months and the articles selected for reading were analyzed as to the methods used and results obtained. The habitat structure is fundamental for occurrence, establishing behavioral and social patterns of various species. It is still difficult to identify which structures are considered as a "key" for the occurrence of each Taxa due to the lack of repeatability of studies aimed at studying the relationships between the habitat structure and the patterns of each Taxa. Some structures deserve attention because they have been related to the increase in the occurrence of different species: forest cover, type of soil cover, soil properties, diversity of trees, average vegetation height, understory opening, canopy height, cover and burlap depth. Only a few structures have actually been identified as a key structure, which is the case of forest cover, in relation to the basic organization of the frugivory networks and richness of mammal species, as well as the forest stratification for the occurrence of temporary birds and swamps, for occurrence of various Taxon. In the second article, the relations between habitat structure and landscape metrics were tested. Areas of 60 m x 20 m were selected in 30 landscapes spread over Minas Gerais, São Paulo and Rio de Janeiro. In these areas, litter above the soil, soil samples for obtaining organic matter, opening the understory, opening and diversity of the litter, temperature and air humidity were collected. Mapbiomas' land use classification layers were used for the calculation of landscape metrics by the “Landscape” package, in Software R version 4.1. Using generalized linear models, the relations between habitat and landscape structure variables was tested. The increase in the number of fragments of natural forest tends to decrease the diversity of the litter and the organic matter found in a physical micro-habitat, because a bigger number of fragments means bigger fragmentation. This is corroborated by the result that shows that the central area of fragments of natural forest has a positive relation to the diversity of the litter and organic matter and negative to the minimum temperature, leaving the environment with more pleasant temperatures. The increase in the central and average area of planted forest fragments tends to have a greater amount of litter, this may be related to the type of species found in the fragment. The higher the average area and the perimeter-area ratio of fragments of natural forest, the maximum local humidity decreases because the greater concentration of trees together reduces exposure to high temperatures. These results are important to support the identification of important structures to generate environments conducive to the maintenance of local species, identification of the threshold of anthropic action on the habitat structure and assist the development of public policies and optimize the current methods of monitoring the conservation of fragmented areas.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido da autora até julho 2022.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/46754
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.