Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/506
metadata.teses.dc.title: Infravermelho e PCA na análise da natureza química do carbono em diferentes culturas
metadata.teses.dc.creator: Ribeiro, Rodrigo Martins
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Silva, Carlos Alberto
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Faquin, Valdemar
Curi, Nilton
Nines, Cleiton Antônio
Soares, Emanuelle Mercês Barros
metadata.teses.dc.description.concentration: Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas
metadata.teses.dc.subject: Plantas - análise
Carbono
Química do solo
metadata.teses.dc.date.issued: 2012
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq
metadata.teses.dc.identifier.citation: RIBEIRO, R. M. Infravermelho e PCA na análise da natureza química do carbono em diferentes culturas. 2012. 63 p. Tese (Doutorado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
metadata.teses.dc.description.resumo: O objetivo geral com o presente trabalho foi qualificar o teor de carbono em diferentes órgãos vegetais da parte aérea de diferentes culturas agrícolas, em diferentes idades, utilizar a espectroscopia em infravermelho com transformada de Fourier na região média (FTMIR) para caracterizar a natureza química dos materiais avaliados e a análise de componentes principais para interpretar dados dos espectros de infravermelho gerados. Os materiais vegetais foram coletados na Fazenda Experimental da EPAMIG, Faria, e no Campus da UFLA, em Lavras – MG. As atividades e análises laboratoriais foram realizadas no Laboratório de Estudo da Matéria Orgânica do Solo do DCS/UFLA e no CAPQ/DQI/UFLA. Foram avaliados os teores de C no tronco, galhos laterais e na folha, no caso do cafeeiro; para o milho, as partes analisadas foram colmo, folhas, palha, sabugo e grãos; em relação ao feijão carioca, as partes analisadas foram a planta inteira, vagem e grãos; para a crotalária e feijão caupi, foi analisada a planta inteira; para o girassol a parte analisada foi o caule; no caso das plantas de soja, as partes analisadas foram caule e folha juntos, grão e vagem; para o pinus e eucalipto, apenas o cerne da madeira foi analisado. O conjunto de dados foi analisado estatisticamente por meio da análise de variância, sendo as diferenças entre as médias avaliadas pelo teste de Tukey no nível de 5% de probabilidade, utilizando-se delineamento inteiramente casualizado. Utilizou-se a espectroscopia no infravermelho (FTMIR) para avaliar as composições químicas de folha, galho, tronco e grão, para plantas de cafeeiro, e de folha, colmo, palha, sabugo e grão, para a cultura do milho. Foi utilizada para tratamento e interpretação dos dados espectrais a análise de componentes principais (PCA). A faixa de teores de C foi ampla, variando de 38 (girassol) a 48% (cafeeiro). Os teores de carbono das culturas estudadas variam de um órgão vegetal para outro e tendem a incrementar com o aumento da idade do material. Materiais vegetais mais herbáceos e menos lignificados tendem a apresentar menores teores de C do que os verificados para madeiras, troncos e galhos de cafeeiro e sabugo de milho; a técnica de PCA permitiu separar os espectros de infravermelho de um órgão vegetal de outro, independentemente da cultivar e da idade das plantas, tornando possível o agrupamento dos tecidos vegetais quanto à similaridade em natureza química
This study aimed to quantify the overall carbon content in different organs of different crops at different ages, using infrared spectroscopy with Fourier transform to characterize the chemical nature of materials and chemometric tools to interpret the infrared spectra. Plants materials sampled were cultivated at the Experimental Farm of EPAMIG, Faria, Lavras – MG. Crop sampled were: coffee, corn, bean, cowpea, sunflower, soybean, pine and eucalyptus. Activities and laboratory tests were performed at the Laboratory for the Study of soil organic matter of the DCS/ UFLA and in the Chemical Analysis and Prospecting Central – CAPQ/DQI/UFLA. We evaluated the levels of C in the trunk, branches and leaf, in the case of coffee; corn was analyzed for leaves, straw, cobs and grains; whole plant of bean and their tissues were also analyzed; for cowpea and crotalaria only the whole plant was analyzed; sunflower part analyzed was only the stem; soybeans was analyzed for stem and leaf, grain and beans, for pines and eucalyptus, only the wood tissue was analyzed. The averages were statistically analyzed by variance analysis and differences between means evaluated by the Tukey test at the level of 5% of probability. We used the infrared spectroscopy (FTMIR) to evaluate the chemical nature of leaf, branch, trunk, and grain, in the case of coffee plants, and leaf, stem, straw, cob and grain, for the corn plants. The range of C values observed for the plant material was wide, ranging from 38 (Sunflower) to 48% (coffee). The carbon content of crops studied varies from one organ plant to another and tend to increase with increasing age of the plant tissue. Materials or plant organs more herbaceous and less lignified are likely to have lower C content than those found for wood, trunks and branches of coffee and corn cob; The PCA technique allows to separate the infrared spectra and to group the crops tissues in terms of chemical nature similarities, regardless of variety and plant age
metadata.teses.dc.description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo, área de Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas, para a obtenção do título de Doutor
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/506
metadata.teses.dc.publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
metadata.teses.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DCS - Ciência do Solo - Doutorado (Teses)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.