Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5125
Título: Caracterização química, atividade antibacteriana, antitumoral e ensaios antioxidantes do óleo essencial das folhas e flores de Callistemon viminalis
Autor : Oliveira, Christiane Maria
Primeiro orientador: Cardoso, Maria das Graças
Primeiro membro da banca: Soares, Marisi Gomes
Ionta, Marisa
Batista, Luís Roberto
Palavras-chave: Myrtaceae
Potencial antioxidante
Folhas
Câncer
Atividades microbiológicas
Antioxidant potential
Leaves
Cancer
Microbiological activities
Flores
Flowers
Data da publicação: 2015
Agência(s) de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: OLIVEIRA, C. M. Caracterização química, atividade antibacteriana, antitumoral e ensaios antioxidantes do óleo essencial das folhas e flores de Callistemon viminalis. 2015. 111 p. Dissertação (Mestrado em Agroquímica) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: Este trabalho foi realizado com o objetivo de analisar a composição química dos óleos essenciais das folhas e flores de Callistemon viminalis, avaliar a atividade antibacteriana, realizar estudos referentes a atividade antitumoral e o potencial antioxidante “in vitro”. A extração dos óleos essenciais foi realizada pelo método de hidrodestilação, utilizando o aparelho de Clevenger modificado com duração de 2 horas, sendo, posteriormente, caracterizado quimicamente por Cromatografia em Fase Gasosa acoplada à Espectrometria de Massa (CG/EM) e Cromatografia em Fase Gasosa equipado com um Detector de Ionização de Chamas (CG/DIC). A avaliação da atividade antibacteriana foi realizada pela técnica de difusão em cavidade em ágar, utilizando os micro-organismos Staphylococcus aureus ATCC 13565, Listeria monocytogenes ATCC 19117, Escherichia coli ATCC 11229 e Salmonella Cholerasuis ATCC 6539. Os testes antitumorais foram realizados em linhagens celulares derivadas de tumores humanos utilizando no presente estudo cinco linhagens de células tumorais, carcinoma de pulmão (A549), adenocarcinoma mamário (MCF7), carcinoma de fígado (HepG2), glioblastoma (U251) e melanona (HT144). Também foi determinada a atividade antioxidante dos óleos essenciais por meio de diversas metodologias. Os constituintes majoritários que caracterizam os óleos essenciais das folhas e das flores foram os mesmos, 1,8 cineol, α-pineno e α-terpineol, nas concentrações de (50,4%, 25,8% e 8,7%) para as folhas e de (48,8%, 24,5% e 3,9%) para as flores respectivamente, havendo apenas pequenas diferenças quantitativas entre eles. O óleo essencial das folhas de C. viminalis apresentou atividade moderada sobre as bactérias tanto Gram-postivas e Gram-negativas, e o óleo essencial das flores somente apresentou atividade nas bactérias Grampostiva Staphylococcus aureus e Escherichia coli, não apresentando valores de inibição para as outras bactérias testadas. Analisando atividade antitumoral pode-se observar que os OE das folhas e flores apresentaram atividade moderada sobre a linhagem celular HT144, sendo observado na mesma uma redução da viabilidade dose-dependente em cerca de 40% e 25% na concentração de 200 μg.mL-1. Os óleos essenciais analisados apresentaram baixo desempenho em relação à atividade antioxidante diante das diversas metodologias empregadas.
This work was carried out in order to analyze the chemical composition of the essential oils from the leaves and flowers of Callistemon viminalis, evaluate the antibacterial activity, perform studies on the antitumor activity and the antioxidant potential "in vitro". The extraction of essential oils was performed by hydrodistillation method, using the Clevenger apparatus modified with a duration of 2 hours, and subsequently chemically characterized by Gas Phase Chromatography coupled to Mass Spectrometry (GC/MS) and Gas Phase Chromatography equipped with a Flame Ionization Detector (GC/FID). Evaluation of antibacterial activity was carried out by diffusion in agar cavity using microorganisms Staphylococcus aureus ATCC 13565, Listeria monocytogenes ATCC 19117, Escherichia coli ATCC 11229 and Salmonella cholerasuis ATCC 6539. The tests were performed on anti-tumor derived cell lines of human tumors in this study using five tumor cell lines, lung carcinoma (A549), breast adenocarcinoma (MCF7), liver carcinoma (HepG2), glioblastoma (U251), and melanoma (HT144). It was also determined the antioxidant activity of essential oils through different methodologies. The major constituents featuring essential oils of leaves and flowers were the same, 1.8 cineole, α- pinene and α-terpineol, the concentrations of (50.4%, 25.8% and 8.7%) for and leaves (48.8%, 24.5% and 3.9%) for flowers respectively, with only minor quantitative differences between them. The essential oil from leaves of C. viminalis showed moderate activity against both Gram-bacteria postivas and Gram-negative, and the essential oils from flowers only showed activity in Gram-postiva Staphylococcus aureus and Escherichia coli, showing no inhibition values for the other bacteria tested. Analyzing antitumor activity can be observed that the leaves and flowers of the OE showed moderate activity on the cell line HT144, the same being observed a reduction in dose-dependent viability by about 40% and 25% at a concentration of 200 μg.mL- 1. Essential oils analyzed showed low performance in relation to the antioxidant activity on the different methodologies used.
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós- Graduação em Agroquímica, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5125
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DQI - Agroquímica - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Caracterização Química, Atividade Antibacteriana, Antitumoral.pdf946,72 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.