Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5257
Título: Homeostase de cultivares de soja em diferentes ambientes e densidades de semeadura
Autor : Soares, Igor Oliveri
Primeiro orientador: Rezende, Pedro Milanez de
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Bruzi, Adriano Teodoro
Primeiro membro da banca: Botelho, Flávia Barbosa Silva
Fronza, Vanoli
Área de concentração: Produção Vegetal
Palavras-chave: Glycine max
Produtividade
Adaptabilidade
Estabilidade
Interação genótipo-ambiente
Productivity
Adaptability
Stability
Genotype-environment interaction
Data da publicação: 2015
Agência(s) de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: SOARES, I. O. Homeostase de cultivares de soja em diferentes ambientes e densidades de semeadura. 2015. 76 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: A soja é o principal produto do agronegócio brasileiro. No entanto, a cultura é altamente influenciada por fatores decorrentes do meio, como a densidade populacional e os fatores ambientais previsíveis e imprevisíveis. Com o aumento do cultivo da oleaginosa no estado de Minas Gerais, se faz necessário o estudo da adaptabilidade e estabilidade de cultivares de soja em diferentes ambientes e densidades de semeadura. Com esse objetivo, foram conduzidos dois trabalhos distintos. O primeiro objetivou estudar o efeito de diferentes densidades de semeadura em caracteres agronômicos de soja, e identificar ainda cultivares com ampla adaptabilidade de cultivo para os diferentes ambientes e densidades de semeadura. Foram avaliadas 6 cultivares de soja, sob 4 diferentes densidades populacionais (100, 200, 300 e 400 mil plantas.ha-1), em 9 diferentes ambientes do estado de Minas Gerais. As cultivares BRSMG 760SRR e BRSMG 820RR apresentam melhor performance média para todos os ambiente e densidades de semeadura estudados. A população de 300 mil plantas.ha-1 evidencia-se como a mais adequada ao cultivo de soja nos ambientes avaliados. Já o segundo trabalho teve como objetivo estudar a adaptabilidade e estabilidade, bem como a identificação de cultivares que contribuem menos para a interação G x A em Minas Gerais. Foram avaliadas 6 cultivares de soja em 36 ambientes distintos do estado, em delineamento de blocos casualizados com 3 repetições. Para as análises de adaptabilidade e estabilidade, foram utilizados os métodos de Wricke (1965) e Anicchiarico (1992). A interação foi decomposta de acordo com metodologia proposta por Cruz; Castoldi (1991). As cultivares BRSMG 820RR e BRSMG 760SRR apresentam ampla adaptabilidade e estabilidade. A cultivar BRSMG 820RR apresenta melhor índice de confiança e pequena contribuição para a interação.
Abstract: Soybeans are the main product of the Brazilian agriculture. However, this culture is highly influenced by factors from the environment, such as population density and predictable and unpredictable environmental factors. With the increase of soybean cultivation in the state of Minas Gerais, the study of adaptability and stability of soybean cultivars in different environments and plant densities are necessary. To this end, we conducted two separate studies. The first aimed to study the effect of different plant density in agronomic soybean characters, and identify cultivars with wide adaptability to different growing environments and seeding rates. Were evaluated six soybean cultivars under four different densities (100, 200, 300 and 400 000 plants.ha-1) in 9 different environments in the state of Minas Gerais. The BRSMG 760SRR and BRSMG 820RR cultivars have better average performance for all environment and studied seeding rates. The population of 300,000 plants.ha-1 shows as the most suitable for soybean cultivation in the evaluated environments. The second work was to study the adaptability and stability, as well as the identification of cultivars that contribute less to the G x E interaction in Minas Gerais. Were evaluated six soybean cultivars in 36 different environments of the state, in a randomized block design with three replications. For the analysis of adaptability and stability, were used methods of Wricke (1965) and Anicchiarico (1992). The interaction was decomposed according to the methodology proposed by Cruz; Castoldi (1991). The BRSMG 820RR and BRSMG 760SRR cultivars show wide adaptability and stability. The cultivar BRSMG 820RR has better confidence index and small contribution to the interaction.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5257
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_ Homeostase de cultivares de soja em diferentes ambientes e densidades de semeadura.pdf636,01 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.