Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/594
Título: Eficiência e estabilidade da macho esterilidade genético citoplasmática na obtenção de híbridos de milho
Autor : Biudes, Gustavo Barnabé
Primeiro orientador: Santos, João Bosco dos
Primeiro membro da banca: Abreu, Angela de Fátima Barbosa
Pinto, César Augusto Brasil Pereira
Duarte, Jair Moura
Nunes, José Airton Rodrigues
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Palavras-chave: CMS
Interação G x A
Adaptabilidade
Estabilidade
Zea mays
Melhoramento genético
Stability
G x E Interaction
Adaptability
Data da publicação: 2013
Agência(s) de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais, FAPEMIG
Referência: BIUDES, G. B. Eficiência e estabilidade da macho esterilidade genético citoplasmática na obtenção de híbridos de milho. 2012. 140 p. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: Híbridos de milho desenvolvidos de linhagens macho-estéreis propiciam consideráveis vantagens às empresas produtoras de sementes híbridas. Sistemas macho-estéreis dispensam a necessidade de despendoamento do campo de produção, resultando em redução no custo e aumento na qualidade da semente híbrida produzida. A macho-esterilidade refere-se ao fracasso no desenvolvimento dos órgãos masculinos. Em milho o sistema macho-estéril mais utilizado é o genético citoplasmático, o qual depende da necessidade da interação de genes nucleares com genes do citoplasma para que ocorra a consolidação do efeito. Entre os citoplasmas macho-estéreis descritos, o T foi amplamente utilizado até a década de 1970, entretanto, devido à suscetibilidade a helmintosporiose os sistemas S e C passaram a ser incorporados nos programas de melhoramento, e atualmente vem sendo amplamente utilizados. O método de melhoramento frequentemente adotado é o retrocruzamento de doadores macho-estéreis com linhagens elites utilizadas como recorrentes. Após a sua obtenção, as linhagens macho-estéreis devem ser avaliadas em diferentes ambientes visando verificar a estabilidade da macho-esterilidade e o comportamento agronômico. Os híbridos obtidos por estas linhagens também devem ser avaliados quanto ao potencial produtivo nas redes de ensaio que devem englobar diferentes regiões e condições de cultivo. Na avaliação do híbrido é importante verificar a interação dos genótipos com o ambiente, especialmente visando identificar aqueles com alto potencial produtivo e adaptabilidade na produção de grãos. Entre as técnicas estatístico-genéticas existentes, a FGGA mostrou-se eficiente por permitir a realização da estratificação ambiental e a análise de adaptabilidade.
Corn hybrids developed from male-sterile inbred lines provide considerable benefits to hybrid seed producing companies. Male-sterile systems eliminate the need for detasseling from the production field, resulting in a reduction of cost and increasing in the quality of the produced hybrid seeds. The male-sterility refers to the failure in the development of male organs. In corn, the most widely male-sterile system used is the genetic-cytoplasmic, which depends on the need of interaction between nuclear genes and genes from the cytoplasm in order to occur the consolidation effect. Among the described male-sterile cytoplasms, T was widely used until the 1970s, however, due to the susceptibility to Helminthosporium, systems S and C became incorporated into breeding programs, and are currently widely used. The breeding method frequently adopted is the backcross between donor male-sterile and elite lines used as recurrent. After obtaining the male-sterile inbred lines, they must be evaluated in different environments in order to verify the stability of male-sterility and agronomic performance. The hybrids obtained from these inbred lines should also be evaluated in regard to yield potential in trial networks which should encompass different regions and cultivation conditions. In the evaluation of the hybrid it is important to verify genotype interaction to the environment, especially to identify those with high yield potential and adaptability in grain production. Among the existing genetic-statistical techniques, the FGGA was shown to be efficient by allowing environmental stratification and analysis of adaptability.
metadata.teses.dc.description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Genética e Melhoramento de Plantas, área de concentração em Genética e Melhoramento de Plantas, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/594
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Doutorado (Teses)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.