Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/640
Título : Determinação da potência anaeróbica pico e a potência mecânica na zona do limiar de lactato em sujeitos destreinados
Autor: Silva, Sandro Fernandes da
Rocha, Cíntia Campolina Duarte
Jesus, Renato de Oliveira
Assis, Alessandro Henrique de
Paz, José Antonio de
Palavras-chave: Treinamento Desportivo
Limiar Anaeróbico
Test Wingate
Sistemas energéticos
Data da publicação: 2007
Referência: SILVA, S. F. et al. Determinação da potência anaeróbica pico e a potência mecânica na zona do limiar de lactato em sujeitos destreinados. Coleção Pesquisa em Educação Física, Jundiaí, v. 6, n. 2, p. 299-304, set. 2007.
Resumo : A resposta do lactado sangüíneo vem sendo utilizado para avaliação da capacidade aeróbica e identificação do umbral anaeróbico em indivíduos treinados e destreinados, bem como, para a prescrição e controle do treinamento. O metabolismo anaeróbico abraça todos aqueles processos que permitem a síntese da ATP na ausência do oxigênio. O objetivo do trabalho foi relacionar uma variável aeróbica como é a potência alcançada no Limiar Anaeróbico, com uma anaeróbica como é a potência lograda no Teste de Wingate. Utilizamos um protocolo progressivo em cicloergonômico para determinação do limiar anaeróbico e um teste supra máximo de 30 segundos (Test Wingate). Não encontramos nenhuma relação entre as duas variáveis estudadas, esta diferença pode ser conhecida, já que estamos estudando variáveis supostamente influenciadas por diferentes sistemas energéticos.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/640
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DEF - Artigos publicados em periódicos



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.