DSpace
Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEN - Departamento de Entomologia >
DEN - Programa de Pós-graduação >
DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/655

Título: Métodos de liberação de Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae) visando o controle de Macrosiphum euphorbiae (Thomas, 1878) (Hemiptera: Aphididae) em roseiras sob cultivo protegido
Autor(es): Sousa, Ana Luiza Viana de
Orientador: Souza, Brígida
Membro da banca: Silveira, Luís Cláudio Paterno
Carvalho, Lívia Mendes de
Área de concentração: Entomologia
Assunto: Controle biológico aumentativo
Crisopídeo
Produção de rosa
Pulgão
Ambiente protegido
Augmentative biological control
Green lacewing
Roses production
Aphids
Greenhouse
Data de Defesa: 22-Fev-2013
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq
Referência: SOUSA, A. L. V. de. Métodos de liberação de Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae) visando o controle de Macrosiphum euphorbiae (Thomas, 1878) (Hemiptera: Aphididae) em roseiras sob cultivo protegido. 2013. 66 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Entomologia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: A roseira é uma planta suscetível ao ataque de várias pragas e o principal método de controle utilizado contra esses organismos ainda é o químico, o qual, muitas vezes, não é aplicado da forma recomendada. Diante disso, tem-se buscado o uso de outros métodos como, por exemplo, o controle biológico aumentativo utilizando parasitoides ou predadores. Várias espécies de inimigos naturais são produzidas em muitos países para serem comercializadas com vistas ao controle de diversas pragas e, entre elas, incluem-se os predadores do gênero Chrysoperla. O presente trabalho foi composto por três ensaios os quais tiveram como objetivos: determinar a idade mais adequada dos ovos de C. externa para serem submetidos a um processo manual de despedicelamento, quando utilizados dois tipos de substrato de oviposição; avaliar diferentes densidades de larvas do predador por recipiente de liberação, visando a conhecer o efeito sobre o canibalismo; e avaliar a eficiência de diferentes métodos de liberação de ovos e larvas desse predador para o controle populacional de Macrosiphum euphorbiae na cultura da roseira em ambiente protegido. Os experimentos foram realizados no Laboratório de Biologia de Insetos e em casa de vegetação do Departamento de Entomologia (DEN) da Universidade Federal de Lavras (UFLA). Verificou-se que a idade mais adequada dos ovos de C. externa para serem submetidos a um processo manual de despedicelamento é a partir de dois dias de idade, mantendo viabilidade de 80% dos embriões, quando depositados sobre o papel sulfite. Os recipientes de liberação contendo casca de arroz e 15 mg de ovos de Anagasta kuehniella, independente da densidade de larvas, ocasionaram a menor porcentagem de canibalismo. Constatou-se que nenhuma das técnicas de liberação de ovos de C. externa testadas foi eficiente no controle da população de M. euphorbiae, ao longo de sete dias de avaliação, verificando-se o desenvolvimento e reprodução dos pulgões infestantes; por outro lado, os métodos de liberação de larvas de 2° instar ocasionaram 98% de controle na densidade populacional do afídeo. Com os resultados obtidos para as metodologias utilizadas na liberação de larvas de 2° instar de C. externa, pode ser viabilizado o uso desse inimigo natural como agente de controle de M. euphorbiae em cultivos protegidos de roseira, auxiliando futuros programas de controle biológico com o uso de crisopídeos.
Rose bush is a susceptible plant to be attacked by various pests and the main control method used against these organisms is still the chemical, which often is not applied as recommended. Therefore, it has been sought the use of other methods such as, for example, the augmentative biological control using parasitoids or predators. Several species of natural enemies are produced in many countries to be sold in order to control various pests and, between them, include the predators of the genus Chrysoperla. This study was composed of three tests which had as its aims: determine the most appropriate age of the eggs of C. externa to undergo a manual process of dissolving egg stalks when used two types of oviposition substrate; evaluate different densities of predator larvae per container release in order to know the effect on cannibalism, and evaluate the efficiency of different methods of eggs and larvae release of this predator to control populations of the aphid Macrosiphum euphorbiae in the rose culture in greenhouse. The experiments were conducted at the Laboratory of Insect Biology and in the greenhouse of the Department of Entomology (DEN), Federal University of Lavras (UFLA). It was found that the most appropriate age of the C. externa eggs to be subjected to manual process of dissolving egg stalks is from two days old, maintaining viability of 80% of the embryos, when deposited onto bond paper. The release units containing rice husk and 15 mg of Anagasta kuehniella eggs, independent of larval density, caused the lowest percentage of cannibalism. It was found that none of the techniques for C. externa eggs releasing tested was effective in controlling the population of M. euphorbiae over a seven-day evaluation, verifying the development and reproduction of infesting aphids, on the other hand, the methods of second instar larvae release resulted in 98% control of the population density of aphid. With the results obtained for the methodologies used in the release of second larvae instar of C. externa it can be possible to use this as a natural enemy agent control of M. euphorbiae in greenhouses rose, helping future biological control programs using lacewings.
Informações adicionais: Dissertação apresentada a Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Entomologia, área de concentração em Entomologia, para obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/655
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Métodos de liberação de Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera Chrysopidae) visando o controle de Macrosiphum euphorbiae (Thoma.pdf435,54 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback