DSpace
Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/687

Título: Utilização de adesivos tânicos de Stryphnodendron adstringens (Mart.) Coville em painéis de madeira reconstituída
Autor(es): Carvalho, Amélia Guimarães
Orientador: Mori, Fábio Akira
Coorientador(es): Mendes, Lourival Marin
Lelis, Roberto Carlos Costa
Membro da banca: Zangiacomo, André Luiz
Área de concentração: Processamento e Utilização da Madeira
Assunto: Adesivo natural
Barbatimão
Compensado
Aglomerado
OSB
Natural adhesive
Plywood
Particleboard
Data de Defesa: 21-Fev-2013
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES
Referência: CARVALHO, A. G. Utilização de adesivos tânicos de Stryphnodendron adstringens (Mart.) Coville em painéis de madeira reconstituída. 2013. 100 p. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia da Madeira)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: Stryphnodendron adstringens (Mart.) Coville is a species of the Cerrado popularly known as barbatimão, whose primary use of economic value is the tannins extraction, found in its barks and leaves. The objective of this study was to evaluate the technical feasibility of using adhesive based in tannins from the barks of Stryphnodendron adstringens (Mart.) Coville, for the production of plywood, particleboard and OSB (Oriented Strand Board). Adhesives based in tannins extracted from the bark of barbatimão were produced and these were mixed to commercial adhesives, urea-formaldehyde and phenol-formaldehyde in the proportions of 25, 50 and 75%. The adhesives pure as well as mixtures had the adhesives properties determined. Subsequently plywood panels were manufactured with the adhesives: phenol-formaldehyde, tannin-formaldehyde, and mixtures of them. The plywood were produced with cross blades of pine with weighs 360 g.m-² (double line) using a specific pressure of 12 kgf.cm-², time and pressing of 10 minutes and temperature of 150°C. Also were produced particleboards and OSB panels, with the adhesives urea-formaldehyde, tannin-formaldehyde, and mixtures of them. The panels were produced with their respective particles generated from pine wood with a content adhesive of 8% at a pressure 40 kgf.cm-², a time and pressing temperature for 8 minutes and 160°C, respectively. There was a great potential for use of the tannin from barbatimão for plywood produce, even without requiring the association with phenol-formaldehyde adhesive. The particleboards with up to 50% of use from tannic barbatimão adhesive, proved fit for use, meeting all the prerequisites stipulated by the marketing standard. The OSB panels were produced with urea-formaldehyde adhesive once the adhesive mixture, tannin-formaldehyde and phenol-formaldehyde reacted, thereby increasing the mixture viscosity and disabling the application of the same. The OSB panels produced only with urea-formaldehyde adhesive and with only the adhesive based from tannin of barbatimão met all prerequisites stipulated by the marketing standard. Fact that shows great potential for use from tannin of barbatimão for OSB panels production.
Stryphnodendron adstringens (Mart.) Coville é uma espécie do Cerrado, conhecida popularmente como barbatimão, cuja principal utilização de valor econômico é a extração de taninos, encontrados nas suas cascas e folhas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a viabilidade técnica de utilização de adesivo à base de taninos provenientes das cascas de Stryphnodendron adstringens (Mart.) Coville, para a produção de painéis compensados, aglomerados e OSB (Oriented Strand Board). Foram produzidos adesivos à base de taninos extraídos das cascas de barbatimão, estes foram misturados aos adesivos comerciais, ureia-formaldeído e fenol-formaldeído, nas proporções de 25; 50; e 75%. Os adesivos puros, assim como as misturas tiveram as propriedades dos adesivos determinadas. Posteriormente, foram produzidos painéis compensados com os adesivos: fenol-formaldeído, tanino-formaldeído e as misturas destes. Os painéis compensados foram produzidos com 5 lâminas cruzadas de pinus, a uma gramatura de 360 g.m-² (linha dupla) utilizando uma pressão específica de 12 kgf.cm-², tempo de prensagem de 10 minutos e temperatura de 150°C. Também foram produzidos painéis aglomerados e painéis OSB, com os adesivos ureia-formaldeído, tanino-formaldeído e as misturas destes. Os painéis foram produzidos com suas respectivas partículas, geradas a partir da madeira de pinus, com um teor de adesivo de 8% a uma pressão de 40 kgf.cm-², um tempo e temperatura de prensagem de 8 minutos e 160°C, respectivamente. Observou-se um grande potencial de utilização dos taninos de barbatimão para produção de painéis compensados, inclusive sem que necessite da associação com o adesivo fenol-formaldeído. Os painéis aglomerados com até 50% de utilização de adesivo tânico de barbatimão se mostraram aptos para utilização, atendendo a todos os pré-requisitos estipulados pela norma de comercialização. Os painéis OSB foram produzidos com o adesivo ureia-formaldeído uma vez que a mistura dos adesivos, tanino-formaldeído e fenol-formaldeído reagiram, aumentando assim a viscosidade da mistura e impossibilitando a aplicação da mesma. Os painéis OSB produzidos apenas com o adesivo ureia-formaldeído e apenas com o adesivo à base de taninos de barbatimão atenderam a todos os pré-requisitos estipulados pela norma de comercialização. Fato que demonstra grande potencial de utilização dos taninos de barbatimão para produção de painéis OSB.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia da Madeira, área de concentração em Processamento e Utilização da Madeira, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/687
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Utilização de adesivos tânicos de Stryphnodendron adstri.pdf641,4 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback