DSpace
Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCS - Departamento de Ciência do Solo >
DCS - Programa de Pós-graduação >
DCS - Ciência do Solo - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/853

Título: Proporções de silicato e carbonato de cálcio no crescimento, nutrição mineral e eficiência do uso da água por plantas de milho sob estresse hídrico
Autor(es): Marques, Douglas José
Orientador: Carvalho, Janice Guedes de
Coorientador(es): Ferreira, Mozart Martins
Silva, Ernani Clarete da
Membro da banca: Furtini Neto, Antônio Eduardo
Carvalho, Jacinto de Assunção
Broetto, Fernando
Guimarães, Paulo Tácito Gontijo
Área de concentração: Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas
Assunto: Zea mays
Silício
Nutriente
Deficiência hídrica
Silicon
Water deficiency
Nutrient
Data de Defesa: 22-Mai-2013
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: MARQUES, D. J. Proporções de silicato e carbonato de cálcio no crescimento, nutrição mineral e eficiência do uso da água por plantas de milho sob estresse hídrico. 2013. 184 p. Tese. (Doutorado em Manejo e Conservação do Solo e da Água)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: A população mundial vem aumentando, principalmente, nos países mais pobres e vulneráveis do terceiro mundo, onde a produção de alimentos não tem acompanhado essa tendência, grande parte por apresentarem áreas marginais para a agricultura, com deficiências de água e de nutrientes. O silício, por apresentar várias funções específicas dentro da planta, surge como uma alternativa para amenizar estresses bióticos e abióticos. Sendo assim, objetivou-se com o trabalho investigar a ação do silício sobre diferentes parâmetros de crescimento e desenvolvimento de plantas de milho expostas à deficiência hídrica. O experimento foi conduzido em casa de vegetação no Setor de Engenharia de Água e Solo do Departamento de Engenharia-UFLA. O experimento foi implantado em vasos de 15 dm3, preenchidos com material de um Latossolo Vermelho de classe textural argilosa. Utilizou-se a cultivar de milho BR 106. Adotou-se o delineamento em blocos casualizados em esquema fatorial (5x5), com quatro repetições. Os tratamentos foram assim constituídos: cinco associações de corretivos (0% silicato de cálcio e 100% de carbonato de cálcio; 25% de silicato de cálcio e 75% de carbonato de cálcio; 50% de silicato de cálcio e 50% de carbonato de cálcio; 75% de silicato de cálcio e 25% carbonato de cálcio; 100% de silicato de cálcio e 0% carbonato de cálcio) e cinco lâminas de irrigação (30, 70, 100, 130, 160% da lâmina recomendada. Nos resultados das diferentes avaliações, revelou-se que os efeitos dos tratamentos, sobre as plantas de milho, ficaram evidentes apenas nas menores aplicações de água. A absorção e acumulação de Ca, nas diversas partes da planta de milho, decresceram com o aumento da proporção de silicato de cálcio no corretivo. Não foram observadas tendências claras da participação do silício nas concentrações de macro e micronutrientes nas diversas partes da planta de milho. O silício promoveu alterações na atividade fisiológica e na anatomia das folhas do milho nas diferentes lâminas de irrigação. Confirmando a premissa do trabalho, verificou-se que, nas menores lâminas de irrigação, a produção das plantas de milho acompanhou o aumento do silicato de cálcio no corretivo até a proporção de 50%.
The world population is increasing, especially in the poorest and most vulnerable countries on third world where food production has not increased as this trend, mainly by presenting areas marginal for agriculture, with deficiencies of water and nutrients. The silicon present several specific functions on the plant emerges as an alternative to alleviate biotic and abiotic stresses. The objective was investigated the action of working silicon on different parameters of growth and development of maize plants exposed to water stress. The experiment was conducted in a greenhouse at the Division of Soil and Water Engineering, Department of Engineering-UFLA, Brazil. The experiment was conducted in pots of 15 dm3, filled with material of a Red clay textural class. Cultivar BR 106 was used and was adopted a randomized block design in a factorial design (5x5) with 4 replications. The treatments were formed as follows: five associations of lime (calcium silicate 0% and 100% calcium carbonate, 25% calcium silicate and 75% calcium carbonate, 50% calcium silicate and 50% carbonate calcium and 75% calcium silicate and 25% calcium carbonate; 100% calcium silicate and 0% calcium carbonate) and five irrigation (30, 70, 100, 130, blade 160% recommended. Results of the various evaluations revealed that the effects of treatments on corn plants were evident only in minor water applications. Absorption and accumulation of Ca in different parts of the maize plant decreased with the increase of the proportion of calcium silicate in the lime. Not clear trends were observed for the participation of silicon concentrations of macro and micronutrients in different parts of the maize plant. Silicon promoted changes in physiological activity and anatomy of leaves of maize in different irrigation. Confirming the premise of the work it was found that in the lower irrigation production of corn plants follow the increase of calcium silicate in the lime to the proportion of 50%.
Informações adicionais: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo, área de concentração em Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/853
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCS - Ciência do Solo - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE Proporções de silicato e carbonato de cálcio no crescimento, nutrição mineral e eficiência do uso da água.pdf1,56 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback