DSpace
Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Microbiologia Agrícola - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/878

Título: Variáveis físico-químicas, biológicas e ambientais para produção dos cogumelos Agaricus bisporus e Agaricus subrufescens
Autor(es): Figueiredo, Vinícius Reis de
Orientador: Dias, Eustáquio Souza
Membro da banca: Duarte, Whasley Ferreira
González, José Emilio Pardo
Andrade, Meire Cristina Nogueira de
Zied, Diego Cunha
Área de concentração: Biologia de Fungos Filamentosos
Assunto: Agaricus bisporus
Agaricus subrufescens
Aditivo microbiano
Compostagem
APPCC
Agaricus bisporus
Microbial additive
Composting
HACCP
Data de Defesa: 26-Abr-2013
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: FIGUEIREDO, V. R. de. Variáveis físico-químicas, biológicas e ambientais para produção dos cogumelos Agaricus bisporus e Agaricus subrufescens. 2013. 87 p. Tese (Doutorado em Microbiologia Agrícola)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: The mushroom cultivation has been practiced for several years in many countries due to its nutritional, therapeutic, economic and ecological attributes. Mushroom production in Brazil is still small compared with other countries as a result of factors such as technological level and per capita consumption. Agaricus bisporus, also known as Champignon mushroom is the most produced and consumed in the world. Some factors in the production stages can be critical to increasing production. In Brazil, the cultivation of A. subrufescens, known as Almond Portobelo or “Cogumelo do Sol” the commercial production still requires the development of technologies suitable, because it is a recent cultivation species. The search for information aimed at the development and improvement of modern technologies for maximizing production in a short time, reducing costs and providing increased production and the improvement of the nutritional, medicinal and therapeutic properties of the A. bisporus and A. subrufescens mushrooms. The physico-chemical, biological and environmental factors that affect growth and productivity of A. bisporus and A. subrufescens are described in the present study.. In the first chapter (“Champignon cultivation as a temperature function”), was evaluated the influence of temperature on the cultivation substrate colonization and A. bisporus strains productivities. Temperatures of 21º and 25º C were tested during the substrate colonization. Temperature of 25° C showed higher productivity and shorter crop cycle. In the second chapter (“The use of microbial additives during composting improves productivity of Sun Mushroom A. subrufescens Peck)”. The aim of this study was evaluate the application of different microbial additivies during composting on the A. subrufescens productivity and biological efficiency. Microbial additives were introduced during composting of two weeks to promote greater selectivity of the substrate cultivation. The additives (B.megaterium, B. cereus and S. termophyllum) can be used as microbial additives in A. subrufescens cultivation because it can increase the productivity of the A. subrufesccens cultivation. In the third chapter (“Application of Hazard Analysis and Critical Control Points (HACCP) to the cultivation line of mushroom and other cultivated edible fungi”), in which HACCP was implemented in line with the cultivation of mushrooms in order to identify the steps in risk of contamination and provide the security and safe food. Only the reception of covering materials and compost, the pre-fruiting and induction and the harvest have been considered as Critical Control Point. The main hazards found were the presence of unauthorized phytosanitary products or above the permitted dose, and the presence of pathogenic bacteria and/or heavy metals. The implementation of this knowledge will allow the self-control of their productions based on the system HACCP to any plant dedicated to mushroom or other edible fungi cultivation.
A prática do cultivo de cogumelos vem sendo exercida, durante muitos anos, em diversos países, em função das suas propriedades nutricionais, terapêuticas, econômicas e ecológicas. A produção de cogumelos no Brasil ainda é pequena, quando comparada com a de outros países, em conseqüência de fatores como nível tecnológico e consumo per capita. O Agaricus bisporus, também conhecido como champignon, é o cogumelo mais produzido e consumido no mundo. Alguns fatores nas etapas de produção podem ser fundamentais para o aumento da produção. No Brasil, o cultivo de A. subrufescens, conhecido como cogumelo-do-sol, em escala comercial, ainda necessita do desenvolvimento de tecnologias mais adequadas, por se tratar de uma espécie com cultivo relativamente recente. A procura por informações que visem ao desenvolvimento e à melhoria de tecnologias modernas para a maximização da produção em um curto espaço de tempo, reduzindo os custos e proporcionando aumento da produção bem como a melhoria das propriedades nutricionais, medicinais e terapêuticas inerentes aos cogumelos A. bisporus e A. subrufescens. Foram estudadas variáveis físico-químicas, biológicas e ambientais que afetam o cultivo e a produtividade dos cogumelos Agaricus bisporus e Agaricus subrufescens, os quais estão descritos em três capítulos. No primeiro capítulo está apresentado o artigo “Cultivo do champignon em função da temperatura”, no qual foi avaliada a influência da temperatura na colonização do substrato de cultivo e na produtividade de linhagens de A. bisporus. Temperaturas de 21º e 25 ºC foram testadas, durante a colonização do substrato de cultivo. A temperatura de 25 ºC proporcionou maior produtividade e favoreceu ciclo de cultivo mais curto. No segundo capítulo é apresentado o artigo “The use of microbial additives during composting improves productivity of Sun Mushroom (A. subrufescens Peck)”, cujo objetivo foi avaliar a produtividade e a eficiência biológica (EB), em função da utilização de aditivos microbianos, durante a compostagem, visando ao cultivo do cogumelo A. subrufescens usando o sistema de compostagem e pasteurização a vapor. Aditivos microbianos foram adicionados, durante a compostagem, para promover maior seletividade e aumento da produção dos cogumelos. Espécies como B. megaterium, B. cereus e S. termophyllum podem ser utilizadas como aditivos microbianos no cultivo de A. subrufescens, pois podem aumentar a produtividade no ciclo de cultivo de A. subrufesccens. No terceiro capítulo apresenta-se o artigo “Application of Hazard Analysis and Critical Control Points (HACCP) to the cultivation line of mushroom and other cultivated edible fungi”, no qual foi implantado o sistema APPCC na linha de cultivo do champignon, com a finalidade de identificar as etapas com risco de contaminação e proporcionar segurança do produto final. As etapas de recepção de material de cobertura, recepção do composto, indução da frutificação e colheita foram consideradas pontos críticos de controle. Os principais perigos encontrados foram a presença de produtos fitossanitários não autorizados ou acima da dose recomendada e a presença de bactérias patogênicas e metais pesados. Nas demais etapas, a aplicação dos planos de controle e limpeza minimiza ou elimina os pontos críticos no ciclo de cultivo.
Informações adicionais: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigencias do Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola, área de concentração em Biologia de Fungos Filamentosos, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/878
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Microbiologia Agrícola - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Variáveis físico-químicas, biológicas e ambientais para produção dos cogumelos Agaricus bisporus e Agaricus subrufescens.pdf487,79 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback