Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9405
Título: Avaliação de parâmetros biológicos de Chrysoperla externa (Hagen) e Eriopis conexa (German) alimentados com o pulgão Myzus persicae (Sulzer) em pimentão e coentro
Título(s) alternativo(s): Assessment of biological parameters of Chrysoperla externa (Hagen) and Eriopis connexa (German) fed with Myzus persicae (Sulzer) raised in pepper and coriander
Autor : Ferreira, Roberta Botelho
Primeiro orientador: Carvalho, César Freire
Primeiro membro da banca: Santa-Cecília, Lenira Viana Costa
Silva, Rogério Antônio
Zacarias, Maurício Sérgio
Silveira, Luís Cláudio Paterno
Área de concentração: Entomologia
Palavras-chave: Controle biológico
Interação tri-trófica
Capsicum annuum L.
Biological control
Tri-trophic interactions
Data da publicação: 8-Mai-2015
Agência(s) de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: FERREIRA, R. B. Avaliação de parâmetros biológicos de Chrysoperla externa (Hagen) e Eriopis conexa (German) alimentados com o pulgão Myzus persicae (Sulzer) em pimentão e coentro. 2015. 84 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Entonomologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: O pimentão é uma hortaliça de grande importância econômica, estando entre as dez mais importantes do mercado hortigranjeiro brasileiro. Seu cultivo ocorre em todo o país, estando as maiores áreas de plantio e comercialização localizadas na região Sudeste. Dentre os artrópodes que ocorrem na cultura, os afídeos são considerados pragas-chave, por causarem inúmeros danos diretos e serem responsáveis pela transmissão de vírus. O pulgão Myzus persicae (SULZER, 1776) é o mais importante, devido a grande capacidade de proliferação e pela disseminação de muitas viroses, como o vírus do mosaico do pimentão. Para controle desses pulgões utilizam-se a incorporação na área cultivada de espécies vegetais que promovam ação direta, através de repelência, ou indireta, beneficiando inimigos naturais, sobre os pulgões. Plantas da família Apiacea, especialmente o coentro, vêm sendo utilizadas associadas a algumas culturas visando a manutenção da diversidade de inimigos naturais das pragas. Entre estes inimigos naturais, destacam-se os predadores de pulgões: Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae) e Eriopis connexa (German, 1824) (Coleoptera: Coccinellidae). O objetivo deste estudo foi avaliar o coentro associado ao pimentão visando a manutenção de C. externa e E. connexa no controle de M. persicae. Foram avaliados aspectos biológicos de M. persicae em coentro, além de testes de preferência com folhas seccionadas e plantas inteiras de pimentão e coentro. Foram estudados a capacidade predatória de larvas dos dois predadores sobre M. persicae, e a relação dos adultos desses predadores com recursos florais de coentro. Concluiu-se que o coentro não é hospedeiro viável para M. persicae e que suas folhas são repelentes quando seccionadas. Quanto aos predadores, ambos se alimentam do mesmo número de ninfas e os recursos florais de coentro não possibilitam que E. connexa realizem posturas, isso ocorre apenas quando há a presença de pulgões.
The pepper is a vegetable of great economic importance, being among the ten most important Brazilian market. Its cultivation occurs throughout the country, with the largest areas of planting and sale located in the Southeast. Among the arthropods that occur in culture, aphids are considered key pests because they cause numerous direct damages and be responsible for virus transmission. The aphid Myzus persicae (SULZER, 1776) is the most important because of the large capacity of proliferation and the dissemination of many viruses, such as pepper mosaic virus. For control of these aphids are used to incorporate in the cultivated area plant species that promote direct action, through repellency, or indirect, benefiting natural enemies of aphids. Apiacea family plants, especially coriander, have been used associated with some cultures in order to maintain the diversity of natural enemies of pests. Among these natural enemies, we highlight the aphid predators: Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae) and Eriopis connexa (German, 1824) (Coleoptera: Coccinellidae). The objective of this study was to evaluate the coriander associated with the pepper for the maintenance C. externa and E. connexa to control of M. persicae. We evaluated biological aspects of M. persicae in coriander, and preference tests with cut leaves and whole plants of pepper and coriander. We studied the predatory ability of larvae of both predators on M. persicae, and the relationship of adults these predators with floral coriander resources. It was concluded that coriander is not viable host for M. persicae and its leaves are repellent when damaged. As for predators, both feed the same number of nymphs and floral resources coriander not enable E. connexa perform postures, this occurs only when there is the presence of aphids.
metadata.teses.dc.description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós- Graduação em Entomologia para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9405
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DEN - Entomologia - Doutorado (Teses)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.