Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/955
Título: Tamanho de parcela e de amostra na avaliação da produtividade de grãos de café arábica
Autor : Moraes, Bráulio Fabiano Xavier de
Primeiro orientador: Gonçalves, Flávia Maria Avelar
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Ferreira, Daniel Furtado
Primeiro membro da banca: Lima, Renato Ribeiro de
Carvalho, Samuel Pereira de
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Palavras-chave: Melhoramento de planta
Unidade básica
Precisão experimental
Suficiência amostral
Plant Breeding
Experimental precision
Basic unit
Sample sufficiency
Data da publicação: 2013
Agência(s) de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: MORAES, B. F. X. de. Tamanho de parcela e de amostra na avaliação da produtividade de grãos de café arábica. 2013. 97 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: No melhoramento genético do cafeeiro (Coffea arabica L.) a etapa de avaliação das progênies e/ou cultivares é fundamental para indicação de genótipos promissores. O número de progênies avaliadas a cada ano é crescente, o que juntamente com o avanço dos programas de melhoramento torna mais difícil a detecção das diferenças entre as progênies exigindo experimentos bem planejados, com delineamentos adequados para aumentar precisão experimental e para que pequenas diferenças entre os genótipos sejam identificadas e assim ter sucesso na seleção de cultivares a serem lançadas. Deste modo, objetivou-se com este trabalho estimar o tamanho de parcela experimental e o tamanho de amostra para avaliação da produção de grãos café. Para isso foram empregados os métodos da reamostragem, da curvatura máxima do coeficiente de variação e do modelo linear segmentado com platô. Para o tamanho de parcela foi utilizado ensaio de validação de cultivares da EPAMIG (Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais) conduzido em Santo Antônio do Amparo e Serra do Salitre, MG, com 12 tratamentos instalados no delineamento experimental de blocos completos casualizados, com três repetições e parcelas de 50 plantas. Para o tamanho de amostra foi utilizado experimento do programa de melhoramento de café da EPAMIG em São Sebastião do Paraíso e Três Pontas, MG, com 25 progênies F4 (Mundo Novo x Mundo Novo) instaladas no delineamento experimental de blocos completos casualizados, com três repetições e parcelas de 10 plantas. Verificou-se divergência entre os tamanhos tanto de parcela quanto de amostra estimados pelas diferentes metodologias. O aumento do número de plantas agrupadas fez com que a precisão experimental fosse aumentada até um ponto que o aumento não foi mais significativo. O tamanho de parcela para avaliar a produção de frutos de café é de 13 plantas. Com o aumento do tamanho de amostra, a correlação entre o rendimento de grãos estimado pela amostra e o rendimento de grãos real da parcela aumentou. O tamanho de amostra recomendado para avaliar a produtividade de grãos da parcela experimental é de 4 litros de frutos de café.
In coffee (Coffea arabica L.) breeding, the stage of progenies and/or cultivar evaluation is essential in order to indicate promising genotypes. The number of progenies evaluated each year is increasing, which, along with the advance of breeding programs, makes it difficult to detect differences between progenies, requiring well-designed experiments, with adequate designs to increase experimental precision and so that small differences between genotypes may be identified, thus succeeding in selecting which cultivars to be released. Thus, the objectives of this work were to estimate the size of the experimental plot and of the sample in order to evaluate coffee grain production. To do this, we employed resampling, coefficient of variation maximum curvature and segmented linear model with plateau methods. To estimate the plot size we used EPAMIG’s (Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais) cultivar validation trial, conducted in Santo Antônio do Amparo and Serra do Salitre, in Minas Gerais, Brazil, with 12 treatments in a completely randomized block design, with three replicates and plots of 50 plants. For the sample size, we used EPAMIG’s experiment in coffee breeding program in São Sebastião do Paraíso and Três Pontas, Minas Gerais, Brazil, with 25 F4 progeny (Mundo Novo x Mundo Novo), installed in a completely randomized block design, with three replicates and plots if 10 plants. We verified divergence between the sizes of plots as well as samples estimated by the different methodologies. The increased in the number of plants per plot caused the experimental precision to increase until a point in which the increase ceased to be significant. The size of the plot to evaluate coffee fruit production was of 13 plants. With the increase in sample size, the correlation between the grain yield estimated from the sample and the actual grain yield in the plot increased. The recommended sample size to evaluate grain productivity of the experimental plot was of 4 liters of coffee fruit.
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Genética e Melhoramento de Plantas, área de concentração em Genética e Melhoramento de Plantas, para a obtenção de título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/955
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Tamanho de parcela e de amostra na avaliação da produtividade de grão.pdf589,34 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.