Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9597
Título: Chuva de sementes em fragmentos de floresta estacional semidecidual montana
Título(s) alternativo(s): Seed rain in montane semideciduous forest fragments
Autor : Figueirôa, Carlos Frederico Baumgratz
Primeiro orientador: Castro, Gislene Carvalho
Primeiro membro da banca: França, Glauco Santos
Carvalho, Warley Augusto Caldas
Área de concentração: Ecologia Florestal
Palavras-chave: Paisagens fragmentadas
Fragmented landscapes
Métricas de paisagem
Landscape metrics
Data da publicação: 18-Mai-2015
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: FIGUEIROA, C. F. B. Chuva de sementes em fragmentos de floresta estacional semidecidual montana. 2015. 56 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: Existe um consenso entre autores que a fragmentação das florestas tropicais está sendo descrita como uma das maiores ameaças à biodiversidade do planeta. Um dos processos ecológicos utilizados em estudos de fragmentação é a chuva de sementes. A chuva de sementes desempenha um papel fundamental na formação de bancos de sementes e de plântulas, constituindo dessa maneira a fase inicial da organização da estrutura de comunidades vegetais, com a promoção da entrada de novos indivíduos na comunidade. Dessa forma, neste estudo teve-se como objetivo avaliar a chuva de sementes de três fragmentos de tamanhos distintos que compõem um mosaico de fragmentos no município de Barbacena, entre as coordenadas 21º13’42’’ S e 43º46’01’’ W, buscando responder se há existência da relação entre tamanho do fragmento, formato e grau de isolamento com abundância de diásporos, riqueza de morfoespécies, síndrome de dispersão e biometria dos frutos. A vegetação presente nos fragmentos é definida como Floresta Estacional Semidecidual Montana. Foram instalados 20 coletores por fragmento, totalizando uma área amostral de 60 m². Foram encontrados 163.148 diásporos nos três fragmentos. Com o teste de Kruskall-Wallis, a diferença de diásporos encontrados em cada fragmento não apresentou significância (χ² = 3,055; GL = 2; p = 0,216), assim como a riqueza de morfoespécies e a biometria, podendo inferir que o fragmento P apresenta similaridade ecológica com os outros fragmentos. Constatou-se ainda a maior conectividade e circularidade deste fragmento, de modo que este se apresenta como fragmento mais potencialmente conservado. Concluiu-se que este estudo evidencia a importância da conservação de pequenos fragmentos, pensando em escala de paisagem para um melhor planejamento e manejo de ações conservacionistas.
There is a consensus among authors that the fragmentation of tropical forests is being described as one of the greatest threats to biodiversity. Seed rain performs a key role in the formation of seed banks and seedling, thus constituting the initial phase of organization structure of plant communities, with the promotion of new individuals in the community. Seed rain was presented as an interesting alternative to fragmentation study. Thus, this study aimed to evaluate the seed rain of three different fragments sizes present in a mosaic of fragments located in the city of Barbacena, between the coordinates 21º13'42 '' S and 43º46'01 '' W, seeking to answer if there is a relationship between fragment size, shape and degree of isolation with plenty of diaspores, species richness, dispersion syndrome and fruit biometricy. This vegetation in fragments is defined as Montane semideciduous forest. It was installed 20 collectors per fragment, with a total sample area of 60 m². A total of 163,148 seeds were found in three fragments. With the Kruskal-Wallis test, the diaspores’ difference found in each fragment showed no significance (c² = 3.055; DF = 2, p = 0.216), as well as species richness and biometry, it was possible to infer that the small fragment shows ecological similarity with other fragments. It was also found closer proximity and connection in this fragment, so that it appears as the most potentially conserved fragment. In conclusion, this study shows the importance of conservation of small fragments, thinking of landscape scale for better planning and management of conservation actions.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9597
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTACAO_Chuva de sementes em fragmentos de floresta estacional semidecidual montana.pdf607,76 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.