Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9604
Título: Elementos terras raras nas características anatômicas, fisiológicas e nutricionais de Pistia stratiotes L. (Araceae) e Zea mays L. (Poaceae)
Autor : Duarte, Ana Carolina Olliveira
Primeiro orientador: Ramos, Sílvio Junio
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Oliveira, Cynthia de
Primeiro membro da banca: Lopes, Guilherme
Pereira, Fabrício José
Área de concentração: Botânica Aplicada
Palavras-chave: Alface d'água
Milho
Fotossíntese
Photosynthesis
Corn
Teor de clorofila
Data da publicação: 18-Mai-2015
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: DUARTE, A. C. O. Elementos terras raras nas características anatômicas, fisiológicas e nutricionais de Pistia stratiotes L. (Araceae) e Zea mays L. (Poaceae). 2015. 80 p. Dissertação (Mestrado em Botânica Aplicada) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: Os elementos terras raras (ETR) são elementos químicos com propriedades semelhantes e incluem os lantanídeos, ítrio e escândio. Os ETR são componentes de produtos de alta tecnologia e também encontrados em fertilizantes. O milho é uma cultura importante, na qual se aplica grande quantidade de fertilizantes fosfatados, sendo importante avaliar os efeitos de ETR em seu crescimento. Em ambientes aquáticos, principalmente aos próximos a pilhas de fosfogesso, Pistia stratiotes poderia atuar como um filtro biológico e retirar os ETR que foram lixiviados. O presente trabalho tem como objetivo avaliar o efeito das concentrações de ETR sobre características anatômicas, nutricionais, e trocas gasosas de Zea mays L. e Pistia stratiotes L. As plantas de Pistia stratiotes foram colocadas em bandejas com solução nutritiva e contendo os seguintes tratamentos (0 controle),10 µM de Ce, 40 µM de Ce; 10 µM de La, 40 µM de La; mistura de elementos contendo 10 µM de La e Ce, 3,5 µM de Sm e Gd e 5 µM de Nd (Mix1); mistura de elementos contendo 40 µM de Ce e La, 7 µM de Sm e Gd e 10 µM de Nd (Mix 2). Aos 45 dias, foram avaliadas as trocas gasosas, teor de clorofila, e anatomia de raízes e folhas. As plantas foram secas, pesadas e moídas, para a obtenção do teor de macro e micronutrientes e massa seca. As sementes de milho foram semeadas em vermiculita e transplantadas para solução nutritiva para adaptação. Cada planta foi instalada em 2 vasos, contendo de um lado apenas a solução nutritiva e do outro lado contendo solução sem P e concentrações crescentes de La (0 -controle), 25, 50, 100, 150, 300 e 600 µM de La na forma de La (NO3)3 6H20). Aos 12 dias foram avaliadas as trocas gasosas e teor de clorofila. As plantas foram secas, pesadas e moídas para a obtenção do teor de La e massa seca. Com a adição de ETR, houve redução do crescimento das plantas de P. stratiotes e menor investimento em sistema radicular. Os teores de clorofila e fotossíntese se mantiveram aos 45 dias. Houve aumento na transpiração, para a manutenção do fluxo. A coifa aumentou nos tratamentos de La como forma de proteção. A absorção de alguns macro e micronutrientes reduziu em virtude da redução do sistema radicular. As barreiras foram espessadas nos tratamentos com Ce, logo, o elemento não chegou em grandes quantidades na parte aérea. Para o milho, as concentrações de La reduziram a taxa fotossintética, taxa transpiratória e teor de clorofila. Além disso, verificou-se redução no comprimento das raízes na solução contendo La.
The rare earth elements (REE) are chemical elements with similar properties including lanthanides, yttrium and scandium. The REE are components of high-tech products and also find in phosphate fertilizers. Maize in an important crop where is applied large amount of phosphate fertilizers, so it is important to evaluate the REE effects on their growth. In aquatic environments, mainly near of phosphogypsum piles, Pistia stratiotes could operate as a biologic filter and remove the REE that were leached. The aim of the present work was to evaluate the effect of REE concentrations in anatomical, nutritional and gas exchange of Zea mays L. and Pistia stratiotes L. The P. stratiotes plants were cultivated in trays containing nutrient solution with the following treatments – 0 (control), 10µM of Ce(NO3), 40µM of Ce(NO3); 10µM of La(NO3), 40µM of La(NO3); mixture of elements containing 10µM of La(NO3) and Ce(NO3), 3,5µM of Sm(NO3) and Gd(NO3), and 5µM of Nd(NO3) (Mix1); mixture of elements containing 40µM of Ce(NO3) and La(NO3), 7µM of Sm(NO3) and Gd(NO3), and 10µM of Nd(NO3) (Mix 2). After 45 days, the gas exchange, chlorophyll content and anatomy of root and leaves were evaluated. For maize experiment, the seeds were sown in vermiculite and, after two weeks, were transplanted to the Hoagland nutrient solution to adaptation. Each plant was cultivated in vases, containing in one side only the nutrient solution with 40% of ionic strength and in the other side the solution without P and with La concentration, like a twinned vases. With the REE addition, the Pistia stratiotes growth was reduced, especially on root in the treatments with Mix and La.However, the chlorophyll content and the transpiration were maintained during the 45 days. The root cap increased in treatments with La as a way protection, but it may have blocked the nutrients uptake. The levels of macro and micronutrients tended to remain in the root than shoots. The cell barriers in roots were thickened in the treatments with Ce, and this element did not arrived in large amount in the shoot and did not caused damages on photosynthetic system. After 12 days of maize cultivation, the net photosynthesis, the transpiration, the stomatal conductance, and Ci/Ca were evaluated using the equipment IRGA. The chlorophyll content was measure using the SPAD. The plants were dried at 60°, weighed and grounded to obtain the La content by determination in ICP-MS. The La applied promoted reduction on photosynthetic and transpiration rate, and also on chlorophyll content. Moreover, there was a reduction on length root and on plants growth.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9604
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Botânica Aplicada - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.