Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/995
Título: Crescimento, nutrição e produção in vitro de Gomphrena claussenii exposta a zinco e cádmio
Autor : Santos, Fernanda Helena de Souza
Primeiro orientador: Carvalho, Janice Guedes de
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Guilherme, Luiz Roberto Guimarães
Primeiro membro da banca: Ferreira, Mozart Martins
Rigitono, Ana Rosa Ribeiro Bastos
Soares, Cláudio Roberto Fonsêca Sousa
Área de concentração: Recursos Ambientais e Uso da Terra
Palavras-chave: Metais pesados
Heavy metals
Contaminação
Contamination
Data da publicação: 2013
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: SANTOS, F. H. de S. Crescimento, nutrição e produção "in vitro" de Gomphrena claussenii exposta a zinco e cádmio. 2012. 78 p. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012
Resumo: A crescente atividade antrópica tem levado à contaminação do ambiente por meio da deposição, no solo, de resíduos contaminados com diversos metais pesados, os quais, quando presentes em níveis tóxicos, tornam-se danosos às plantas. Os efeitos tóxicos de Zn e Cd podem ser resultado da interação destes com outros elementos, causando distúrbios nutricionais nas plantas. Objetivou-se avaliar o efeito da aplicação de Zn e Cd em solução nutritiva e da época de colheita sobre o teor, o acúmulo e a translocação de elementos em Gomphrena claussenii, bem como o crescimento in vitro desta espécie submetida a concentrações crescentes de Zn. Um primeiro experimento foi conduzido em casa de vegetação, na Universidade Federal de Lavras, em Lavras, MG. O esquema estatístico utilizado foi o delineamento inteiramente casualizado, sendo os tratamentos constituídos de quatro concentrações crescentes de Zn+Cd (16,25; 162; 325 e 975 µmol L-1) e três épocas de colheita (15, 30 e 45 dias), com três repetições. Avaliaram-se o teor, o acúmulo e o fator de translocação de Ca, P, K, S, Fe, Cu, Mn, Cd e Zn. Um segundo experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, com 8 repetições. Como tratamentos, adicionaram-se as concentrações 0, 16, 160, 320 e 960 µmol L-1 de Zn (ZnSO4.7H2O), em meio de cultura MS; aos 30 dias de condução do experimento, avaliaram-se as plantas quanto aos parâmetros biométricos de crescimento. No primeiro experimento, a aplicação das concentrações crescentes de Zn+Cd exerceu efeitos nos parâmetros avaliados, diferindo quanto ao elemento e à época de colheita, com destaque para a expressiva redução na translocação de Fe e Cd nas plantas. Presume-se que o Zn teve importante papel na absorção de Cd, caracterizando um mecanismo de defesa na planta. Os teores médios encontrados na parte aérea das plantas submetidas às diferentes concentrações de Zn e Cd estudadas foram: 18,8 g kg-1, para Ca; 26,3 g kg-1, para P; 4,7 g kg-1, para K; 848 g kg-1, para S; 132 mg kg-1, para Fe; 12 mg kg-1,para Cu e 29,6 mg kg-1, para Mn. No segundo experimento, as plântulas de G. claussenii mostraram clorose pronunciada em folhas novas, nas concentrações de 0 e 16 μmol L-1 de Zn. Quando submetidas a elevadas concentrações de Zn (160, 320 e 960 µmol L-1), as plântulas apresentaram sintoma de toxidez, caracterizado como coloração pardo-avermelhada. Apesar de a aplicação de zinco ter proporcionado o decréscimo nos parâmetros avaliados, a espécie foi capaz de se desenvolver até a maior concentração de Zn (960 µmol L-1) aplicada. Sugere-se que a concentração de Zn mais adequada para o desenvolvimento in vitro de plântulas dessa espécie esteja na faixa de 16 a 160 µmol L-1
Growing human activity has lead to contamination of the environment due to soil deposition of wastes contaminated with various heavy metals, which may become harmful to plants when present at toxic levels. The toxic effects of Zn and Cd may result from their interaction with other elements, causing nutritional disturbances in plants. This study evaluated the effect of Zn and Cd in nutrient solution and of harvest time on the content, accumulation and translocation of elements in Gomphrena claussenii plants as well as the in vitro growth of these plants when exposed to increasing concentrations of Zn. The first experiment was conducted in a greenhouse at the Federal University of Lavras, MG, Brazil. A completely randomized experimental design was used, with treatments consisting of four increasing concentrations of Zn + Cd (16,25; 162; 325 and 975 µmol L-1) and three harvest times (15, 30 and 45 days) with three replications. The content, accumulation factor and translocation of Ca, P, K, S, Fe, Cu, Mn, Cd and Zn were evaluated. The second experiment was conducted in a completely randomized design with eight replications. The treatments consisted in the application of increasing concentrations of Zn (0, 16, 160, 320 and 960 µmol L-1) added as ZnSO4.7H2O on MS medium. After 30 days of growth plants were evaluated with respect to their biometric parameters. In the first experiment, the application of increasing concentrations of Zn + Cd affected all parameters evaluated, differing as to the element and the harvest season, with a noteworthy reduction in the translocation of Fe and Cd in plants. It is assumed that Zn played an important role in the absorption of Cd, featuring a defense mechanism in plants. The average contents found in the shoots of plants submitted to the different concentrations of Cd and Zn studied were: 18.8 g kg-1 for Ca; 26.3 g kg-1 for P; 4.7 g kg-1 for K; 848 g kg-1 for S; 132 mg kg-1 for Fe, 12 mg kg-1to Cu and 29.6 mg kg-1 for Mn. In the second experiment, the G. claussenii seedlings showed pronounced chlorosis in young leaves at concentrations of 0 and 16 µmol L-1 Zn. When exposed to high concentrations of Zn (160, 320 and 960 µmol L-1), the seedlings showed symptoms of toxicity characterized by a reddish brown color. Although the application of zinc has decrease the evaluated parameters, the seedlings of G. claussenii were able to grow even when exposed to the highest concentration of Zn (960 µmol L-1) applied. It is suggested that the Zn concentration most suitable for the in vitro development of the studied species is within the range 16-160 µmol L-1
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo, área de concentração em Recursos Ambientais e Uso da Terra, para a obtenção do título de Mestre
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/995
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Crescimento, nutrição e produção in vitro de Gomphrena claussenii exposta a zinco e cádmio.pdfDISSERTAÇÃO_Crescimento, nutrição e produção "in vitro" de Gomphrena claussenii exposta a zinco e cádmio696,22 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.