Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCA - Departamento de Ciência dos Alimentos >
DCA - Programa de Pós-graduação >
DCA - Ciência dos Alimentos - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1170

Título: Aplicação do agente biológico Cladosporium cladosporioides (Fresen) de Vries “Cladosporin” como bioprotetor da qualidade do café (Coffea arabica L.)
Autor(es): Angélico, Caroline Lima
Orientador: Pimenta, Carlos José
Coorientador(es): Chalfoun, Sára Maria
Membro da banca: Batista, Luís Roberto
Malta, Marcelo Ribeiro
Guimarães, Rubens José
Área de concentração: Ciência dos Alimentos
Assunto: Microorganismos
Café - Qualidade
Microorganisms
Coffee
Data de Defesa: 27-Fev-2012
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ)
Referência: ANGÉLICO, C. L. Aplicação do agente biológico Cladosporium cladosporioides (Fresen) de Vries "Cladosporin" como bioprotetor da qualidade do café (Coffea arabica L.). 2012. 321 p. Tese (Doutorado em Ciência dos Alimentos) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: O produto à base do agente bioprotetor da qualidade do café Cladosporium cladosporioides (Fresen) de Vries é uma alternativa promissora para a aplicação nos frutos de café ainda na lavoura, por se tratar de um produto biológico contendo um micro-organismo com características GRAS (General Regarded as Safe) e com reconhecida ação deletéria sobre fungos prejudiciais à qualidade do produto final. A aplicação do produto nos frutos poderia promover a manutenção ou a melhoria da qualidade de cafés com histórico de problemas de bebida, principalmente em regiões com alta umidade relativa do ar. O produto “Cladosporin” foi aplicado em diferentes doses e épocas em frutos de café da cultivar Catuaí Amarelo IAC 62, com 3 anos de idade, durante dois anos consecutivos em uma lavoura da Fazenda Santa Helena, no município de Alfenas – MG, localizada às margens da represa de Furnas.Os testes de viabilidade apontaram que refrigeração e congelamento foram as melhores temperaturas para a manutenção do fungo; apenas uma aplicação, num intervalo de 60 dias antes da colheita na menor dose testada, é suficiente para que ocorra uma colonização de Cladosporium nos frutos e diminua, consideravelmente, a incidência de fungos potencialmente toxigênicos; Cladospororium inibiu a germinação dos fungos potencialmente toxigênicos por período superior a 20 dias e hiperparasitou o conídio de Aspergillus ochraceus G. Wilh, alterando sua estrutura e textura; os parâmetros condutividade elétrica, lixiviação de potássio, sólidos solúveis totais, açúcares totais e atividade da polifenoloxidase se apresentaram como importantes marcadores de qualidade. Conclui-se que a aplicação do “Cladosporin” promoveu melhoria da qualidade nos cafés com resultados mais significativos para a fração boia.
The biological agent Cladosporium cladosporioides (Fresen) de Vries product is a promising alternative for the application in coffee fruits because it is a product containing a biological organism with characteristics GRAS (General Regarded as Safe) and with recognized deleterious action about fungi that are deleterious to the final product quality. The application of a product in coffee fruits could promote the maintenance or improvement the coffee quality with beverage problems, particularly in regions with high relative humidity. The product “Cladosporin” was applied in different doses and times in coffee fruits Catuaí Yellow IAC 62 with 3 years for two consecutive years in a plantation of Santa Helena Farm in Alfenas - MG, located at margins of lake. The viability test showed that refrigerator and freezer temperatures were the best for maintaining the viability of the fungus for; only one application, within 60 days before fruit harvest, using the lowest dosis tested, is enough to better colonization of Cladosporium in coffee fruits and considerably decrease the incidence of potentially toxigenic fungi; Cladosporium promoted inhibition of spore germination of fungi potencial toxigenic for more than 20 days and by addition to antibiosis was able to hiperparasitism the conidia of Aspergillus ochraceus G. Wilh, changing its structure and texture; The results showed that electrical conductivity, leaching of potassium, soluble solids, total sugars and polifenoloxidasis activity how importants quality markers. Through the obtained results it was concluded that the application of “Cladosporin” promoted improvement of quality coffee with more significant results for the fraction “boia” (overripe berries dried on tree).
Informações adicionais: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos, área de concentração em Ciência dos Alimentos, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1170
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCA - Ciência dos Alimentos - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Aplicação do agente biológico Cladosporium cladosporioides (Fresen) de Vries “Cladosporin” como bioprotetor da qualidade do café (Coffea arabi.pdf2,18 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback