Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11861

Título: Interfaces e delimitações da orientação para a inovação de micro e pequenas empresas brasileiras
Título Alternativo: Interfaces and boundaries guidance for innovation of Brazilian micro and small enterprises
Autor(es): Rodrigues, Tonny Kerley de Alencar
Lira, Átila de Melo
Naas, Irenilza de Alencar
Costa, Ivanir
Vilas Boas, Ana Alice
Cappelle, Mônica Carvalho Alves
Sá, Geysa Elane Rodrigues de Carvalho
Assunto: Inovação
Micro e pequenas empresas
Patentes
Innovation
Micro and small enterprises
Patents
Publicador: Universidade Federal da Paraíba
Data de publicação: 2014
Referência: RODRIGUES, T. K. de A. et al. Interfaces e delimitações da orientação para a inovação de micro e pequenas empresas brasileiras. Teoria e Prática em Administração, João Pessoa, v. 4 n. 2, p. 155-179, 2014.
Resumo: Este artigo aborda a necessidade de uma maior compreensão da inovação entre Micro e Pequenas Empresas (MPEs) brasileiras. O estudo centra-se na análise de dados primários e tem por objetivo analisar as interfaces e delimitações da orientação para a inovação de MPEs brasileiras. A pesquisa foi desenvolvida a partir do método dedutivo com abordagem quantitativa por utilizar estatísticas com coleta de dados primários, quanto à natureza a pesquisa é aplicada, quanto aos objetivos é descritiva e quanto aos procedimentos ela é um survey. Foi aplicado um pré-teste com vinte empresas e, posteriormente, um questionário semiestruturado com 689 MPEs que concordaram em participar, utilizando uma amostragem probabilística a um nível de confiança de 99% e um erro amostral de 5%. O estudo oferece duas conclusões importantes. Em primeiro lugar, confirma que não há um desafio típico enfrentado pelas MPEs com relação à sua abordagem à inovação. Os desafios para a inovação podem ser percebidos ao longo de três dimensões: a concepção da inovação, a implementação da inovação e a área funcional da inovação. Em segundo lugar, os dados confirmam que as MPEs brasileiras geralmente possuem dificuldades crônicas de comercialização de suas inovações.
Abstract: This article addresses the need for greater understanding of innovation between Micro and Small Enterprises (MSEs) in Brazil. The study focuses on analysis of primary data and has for objective to analyze the interfaces and delimitations guidance for innovation of MSEs Brazilian. The research was developed from the deductive method with approach quantitative by use statistics with primary data collection, as to the nature the research is applied, as to objectives is descriptive and as to the procedures she is a survey. Was applied a pretest with twenty companies and, subsequently, a questionnaire semistructured with 689 MSEs who agreed to participate, using a sampling probabilistic to a confidence level of 99% and a sampling error of 5%. The study offers two conclusions important. Firstly, confirms that there is not a typical challenge faced by MSEs with relation to its approach to innovation. The challenges for innovation can be perceived along three dimensions: the conception of innovation, the implementation of innovation and functional area of innovation. Secondly, the data confirm that the MSEs Brazilian generally possess chronic difficulties marketing of their innovations.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11861
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Interfaces e delimitações da orientação para a inovação de micro e pequenas empresas brasileiras.pdf295,32 kBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback