Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCA - Departamento de Ciência dos Alimentos >
DCA - Programa de Pós-graduação >
DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13319

Título: Estudo da diversidade de fungos filamentosos da microbiota terroir em vinhedos do sul de Minas Gerais
Título Alternativo: Study of the diversity of filamentous fungi of the microbiota terroir in southern vineyards of Minas Gerais
Autor(es): Lira, Nathasha de Azevedo
Lattes: http://lattes.cnpq.br/8674059543643682
Orientador: Batista, Luís Roberto
Coorientador: Passamani, Fabiana Reinis Franca
Membro da banca: Souza, Sara Maria Chalfoun de
Membro da banca: Silva, Cristina F.
Membro da banca: Angélico, Caroline Lima
Assunto: Uva - Microbiota
Uva - Diversidade de fungos
Vinhedos - Solo
Grape - Microbiota
Grape - Diversity of fungi
Vineyards - Solo
Data de Defesa: 27-Abr-2017
Data de publicação: 11-Jul-2017
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: LIRA, N. de A. Estudo da diversidade de fungos filamentosos da microbiota terroir em vinhedos do sul de Minas Gerais. 2017. 114 p. Dissertação (Mestrado em Ciência dos Alimentos)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: O estudo da microbiota terroir visa obter o conhecimento do ecossistema microbiano presente na uva, que apresenta grande diversidade de microrganismos, como leveduras, bactérias e fungos. Esses microrganismos modulam substancialmente a saúde da videira, seu desenvolvimento, assim como a uva e, consequentemente, a qualidade do vinho. A microbiota das uvas viníferas é composta por alguns gêneros, como Alternaria, Acremonium, Aspergillus, Cladosporium, Fusarium, Penicillium e Rhizopus, assim como no solo essas espécies também estão presentes. Algumas espécies são responsáveis por causarem doenças nas plantas, como a fusariose e a podridão do cacho e outras espécies podem ser responsáveis pela produção de ocratoxina A. Nesse sentido, o presente estudo foi realizado com os objetivos de avaliar a diversidade de fungos filamentosos presentes em uvas da variedade Syrah e no solo dos vinhedos, por meio de diluição seriada em meio DRBC e DG18, a fim de auxiliar no conhecimento da microbiota da região e correlacionar com as características físico-químicas do solo através de componentes principais (PCA), assim como identificar a microbiota terroir nas uvas pela técnica de metagenômica. Os resultados obtidos mostram que, nas uvas, houve predominância dos gêneros Cladosporium, Penicillium e Aspergillus, representando 43,75%, 30,89% e 10,53% respectivamente. Já nas amostras de solo os principais gêneros encontrados foram Penicillium Cladosporium e Aspergillus, representando 18,60%, 17,13% e 16,97% respectivamente. Já na técnica de metagenômica, perfis taxonômicos foram obtidos em Domínio, Filo, Classe, Ordem, Família, Gênero e Espécie, tendo sido possível obter maior predominância do filo Ascomycota, seguido de Basidiomycota, em que as 20 principais espécies foram agrupadas e, então, construída uma árvore filogenética representada por gêneros como Cercospora, Uwebraunia, Aureobasidium, Leptospora, Pseudopithomyces, Periconia, Acrocalyma, Alternaria, Aspergillus, Pecinicillium, Hansfordia, Meyerozyma, Candida, Wickerhamomyces, Acremonium, Sarocladium, Giberella e Colletotrichum. A caracterização da diversidade microbiana das uvas foi obtida com sucesso, no entanto, pôde-se observar um grande número de indivíduos que não foram classificados, levando a crer que estudos futuros nessa área precisam ter continuidade para que, cada vez mais, possamos ter conhecimento dessas espécies e entender como funcionam esses sistemas.
Abstract: The microbiota terroir study aims to obtain the knowledge of the microbial ecosystem present in the grape, which presents great diversity of microorganisms such as yeasts, bacteria and fungi. The grapes microbiota is composed of some genera, such as Alternaria, Acremonium, Aspergillus, Cladosporium, Fusarium, Penicilliu e Rhizopus, as well as in the soil these species are also present. Some species are responsible for causing diseases in plants, such as fusariosis and bunch rot and other species may be responsible for the production of ochratoxin A. In this sense, the present study was carried out with the objectives of evaluating the fungi filamentous diversity present in grapes of the Syrah variety and in the vineyards soil, by serial dilutions in DRBC and DG18 means. In order to assist in the region microbiota knowledge and to correlate with the physical-chemical characteristics of the soil through principal components analysis (PCA), as well as to identify the terroir microbiota in the grapes by the technique of metagenomics. The results obtained show that, in grapes, there was predominance of genera Cladosporium, Penicillium and Aspergillus, representing 43.75%, 30.89% and 10.53% respectively. In the soil samples, the main found genera were Penicillium Cladosporium and Aspergillus, representing 18,60%, 17,13% e 16,97% respectively. In the metagenomic technique, taxonomic profiles were obtained in Domain, Phylum, Class, Order, Family, Genera and Species, and it was possible to obtain a greater predominance of Ascomycota phylum, followed by Basidiomycota, in which the top 20 species were grouped and then constructed a phylogenetic tree represented by genera as Cercospora, Uwebraunia, Aureobasidium, Leptospora, Pseudopithomyces, Periconia, Acroca lyma, Alternaria, Aspergillus,Pecinicillium, Hansfordia, Meyerozyma, Candida, Wickerhamo myces, Acremonium, Sarocladium, Giberella e Colletotrichum. The microbial diversity characterization of the grapes was successfully obtained, however, it was possible to observe a large number of individuals that were not classified, leading to the belief that future studies in this area need to be continued so that, more and more, we can have knowledge of these species and understand how these systems work.
Informações adicionais: Arquivo retido, a pedido da autora, até julho de 2018.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13319
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback