Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCA - Departamento de Ciência dos Alimentos >
DCA - Programa de Pós-graduação >
DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2247

Título: Monitoração por termografia infravermelha da qualidade pós-colheita de goiabas armazenadas sob refrigeração
Autor(es): Gonçalves, Bárbara Jordana
Orientador: Resende, Jaime Vilela de
Membro da banca: Vilas Boas, Eduardo Valério de Barros
Gonçalves, Rogério Amaro
Área de concentração: Ciência dos Alimentos
Assunto: Psidium guajava L.
Injúria
Refrigeração
Termograma IR
Injury
Refrigeration
IR Thermogram
Data de Defesa: 27-Fev-2014
Data de publicação: 2014
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: GONÇALVES, B, J. Monitoração por termografia infravermelha da qualidade pós-colheita de goiabas armazenadas sob refrigeração. 2014. 125 p. Dissertação (Mestrado em Ciência dos Alimentos) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: Neste trabalho, objetivou-se avaliar a qualidade pós-colheita de goiabas armazenadas sob diferentes temperaturas pelo uso da termografia infravermelha. Foram realizados três experimentos com três diferentes temperaturas e um tempo de armazenamento. O primeiro experimento foi feito com ar estático em refrigerador com temperatura constante de 5 °C. O segundo experimento foi realizado em câmara de refrigeração com ar forçado à temperatura constante de 10 °C e o terceiro em ambiente climatizado à temperatura constante de 20 °C. As análises determinadas foram a perda de massa, firmeza, taxa respiratória, coloração, pH, sólidos solúveis, acidez titulável, SS/AT, vitamina C, pectina total e solúvel, açúcares totais, PME e PG. O experimento foi conduzido seguindo um delineamento inteiramente casualizado (DIC), disposto em esquema fatorial 2 x 3. Através da termografia foi possível distinguir os tecidos injuriados dos não afetados nas temperaturas de 5 e 20 ⁰C, no entanto não foi possível distinguir injúrias profundas e rasas nas goiabas. As variações de temperatura entre a superfície dos tecidos intacto e injuriado podem ser quantificadas e essa diferença de temperatura é correlacionada às injúrias. Nas goiabas armazenadas a 5 ⁰C, o tecido injuriado apresentou uma temperatura menor que o tecido intacto, nas goiabas armazenadas a 20 ⁰C, o tecido injuriado apresentou-se a uma temperatura maior que o tecido intacto, enquanto que na temperatura de 10 ⁰C não houve alteração significativa entre os tecidos injuriado e intacto. A termografia infravermelha tem potencial aplicação na avaliação e monitoração da qualidade e perfil de segurança das goiabas armazenadas sob diferentes temperaturas, visto que detecta o aparecimento de injúrias tanto mecânica quanto pelo frio e a senescência dos frutos. O armazenamento refrigerado a 10 ⁰C foi importante para a manutenção da qualidade das goiabas, enquanto a 5 ⁰C as goiabas sofreram injúria pelo frio e a 20 ⁰C perderam as características aceitáveis para o consumo. Os parâmetros de qualidade avaliados pelas análises físicas e químicas confirmaram os resultados visualizados nas análises termográficas.
This work aimed at evaluating the postharvest quality of guavas stored at different temperatures by using infrared thermography. We conducted three experiments with three different temperatures and one storing time. The first experiment was done with static air in a refrigerator with a constant temperature of 5 °C; the second experiment was conducted in a refrigeration chamber with forced air at a constant temperature of 10 °C; and the third in an air conditioned environment at a constant temperature of 20 °C. The determined analyses were of mass loss, firmness, respiration rate, color, pH, soluble solids, titratable acidity, SS/AT, vitamin C, total and soluble pectin, total sugars, PME and PG. The experiment was conducted in a completely randomized design, disposed in a 2 x 3 factorial arrangement. Through the thermography it was possible to distinguish the injured tissues of those unaffected at temperatures of 5 and 20 ⁰C, however it was not possible to distinguish deep and shallow injuries on the guavas. The temperature variations between the surface of the intact and injured tissues can be quantified, and this difference in temperature is correlated to injury. In the guava stored at 5 ⁰C, the injured tissue presented itself at a lower temperature than the intact tissue; in those stored at 20 ⁰C, the injured tissue presented itself at a higher temperature than the intact tissue; while at the temperature of 10 ⁰C, there was no significant change between the injured and intact tissues. Infrared thermography has potential application in assessing and monitoring the quality and safety profile of guavas stored at different temperatures, since it detects the appearance of injuries, both mechanic and by cold, and fruit senescence. The refrigerated storage at 10 ⁰C was important for maintaining the quality of guavas, while the 5 ⁰C the guavas suffered chilling injury and 20 ⁰C they lost the characteristics acceptable for consumption. The quality parameters evaluated by the physical and chemical analyses confirmed the results observed in the thermographic analysis.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2247
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO Monitoração por termografia infravermelha da qualidade pós-colheita de goiabas armazenadas sob refrigeração.pdf3,28 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback