Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Microbiologia Agrícola - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2850

Título: Técnicas moleculares para a caracterização de Saccharomyces cerevisisae associadas à produção de cachaça
Título Alternativo: Molecular techniques for the characterization of Saccharomyces cerevisiae aasociated the production of cachaça
Autor(es): Bernardi, Taís Letícia
Orientador: Schwan, Rosane Freitas
Coorientador(es): Cardoso, Patrícia Gomes
Membro da banca: Figueiredo, Henrique César Pereira
Campos, Magnólia de Araújo
Área de concentração: Microbiologia Agrícola
Assunto: Cachaça
Saccharomyces
Leveduras
Sugar-cane brandy
Data de Defesa: 6-Fev-2007
Data de publicação: 15-Ago-2014
Referência: BERNARDI, T. L. Técnicas moleculares para a caracterização de Saccharomyces cerevisiae associadas à produção de cachaça. 2007. 38 p. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agrícola)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2007.
Resumo: As leveduras, principalmente Saccharomyces cerevisiae, são os microrganismos responsáveis pela conversão dos açúcares do caldo de cana-de-açúcar em álcool e CO2 durante o processo fermentativo para produção de cachaça. O objetivo deste trabalho foi utilizar as técnicas moleculares de PCR, PFGE e RFLP/mtDNA na caracterização de leveduras isoladas de alambiques do Sul de Minas Gerais. Foram utilizadas para caracterização molecular, leveduras inicialmente identificadas por técnicas morfológicas e bioquímicas. Das 106 leveduras caracterizadas por técnicas tradicionais, 36 apresentaram produto de amplificação por PCR utilizando-se primer específico para leveduras S. cerevisiae. A caracterização pela técnica de PFGE mostrou 9 diferentes perfis, onde 2 foram semelhantes ao marcador S. cerevisiae. A análise de restrição do mtDNA com 4 diferentes enzimas mostrou 10 diferentes perfis, dos quais, 3 para as enzimas Rsa I e Hae III e 2 para as enzimas Hind III e Hinf I. Foi verificado que as técnicas de PCR, PFGE e RFLP-mtDNA utilizando-se a enzima Hinf I mostraram-se eficientes na identificação de leveduras S. cerevisiae, podendo ser utilizadas isoladas ou associadas.
Yeasts, mainly Saccharomyces cerevisiae, are microorganisms responsible by conversion of sucrose from sugarcane juice to alcohol and CO2 during the fermentative process of cachaça. The aim of this work was to utilize molecular techniques such as PCR, PFGE and RFLP/mtDNA in the characterization of yeasts isolated of alambiques from South of Minas Gerais. Yeasts were initially identified by morphological and physiological methods and them characterized by molecular techniques. Of one hundred and six yeasts characterized by traditional techniques, 36 showed product of amplification by PCR using the specific primer to S. cerevisisiae. The characterization by PFGE technique showed 9 different profiles, where 2 of them were similar to the S. cerevisiae utilized as standard. The restriction analysis of the mtDNA using 4 different enzymes showed 10 different profiles, 3 using Rsa I and Hae III enzymes and 2 when Hind III e Hinf I enzymes were used. It was verified that the PCR, PFGE and mtDNA-RFLP with Hinf I enzyme showed efficiency in the identification of S. cerevisiae yeasts and these methods can be used isolated or associated.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2850
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Microbiologia Agrícola - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Técnicas moleculares para a caracterização de Saccharomyces cerevisisae associadas à produção de cachaça.pdf213,14 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback