Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCA - Departamento de Ciência dos Alimentos >
DCA - Programa de Pós-graduação >
DCA - Ciência dos Alimentos - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2988

Título: Farinha da casca de maracujá associada ao exercício físico no controle da lipidemia de ratas
Título Alternativo: Passion Fruit fiber associated to physical exercises for controlling lipidemy in female rats
Autor(es): Lima, Hessel Marani
Orientador: Barcelos, Maria de Fátima Píccolo
Membro da banca: Sousa, Raimundo Vicente de
Pimenta, Carlos José
Contado, José Luís
Barcelos, Adauto Ferreira
Assunto: Maracujá - Farinhas
Lipídios
Exercício físico
Physical exercises
Data de Defesa: 29-Fev-2008
Data de publicação: 19-Ago-2014
Referência: LIMA, H. M. Farinha da casca do maracujá associada ao exercício físico no controle da lipidemia de ratas. 2008. 108 p. Tese (Doutorado em Ciência dos Alimentos)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: Este trabalho foi realizado com o objetivo de analisar fisicamente os frutos e física e quimicamente o resíduo agroindustrial (casca) de três espécies de maracujá: maracujá amarelo doce (MAD) (Passiflora alata curtis), maracujá amarelo azedo (MAA) (Passiflora edulis f. flavicarpa) e maracujá roxo azedo (MRA) (Passiflora edulis sims). Dentre essas espécies, escolheu-se a mais indicada para a produção de farinha da casca do maracujá (FCM), que foi a espécie MAA, aplicada no experimento "in vivo", investigando-se o efeito de seu consumo, associado ou não a um programa de 60 dias de exercícios físicos (natação), na busca do controle dislipidêmico de ratas Fisher. Dentre as espécies de maracujá, analisaram-se peso do fruto, diâmetros equatorial (E), longitudinal (L) e espessura do mesocarpo e ou "espessura da casca", peso da semente, peso da polpa e peso da casca. Das farinhas da casca de maracujá analisaram-se: umidade, proteína, extrato etéreo, fibras, cinzas, fibra detergente ácido (FDA), fibra detergente neutro (FDN), hemicelulose, pectina e fibra alimentar (total, solúvel e insolúvel). Os animais experimentais foram alimentados com dietas hipercolesterolêmicas. Para esses animais, realizaram-se as seguintes análises: a) séricos e sorológicos (glicose, CT, HDL-c, LDL-c, VLDL-c, TAG), b) teciduais hepáticos (CT, TAG e lipídios totais) e c) peso hepático e excreção fecal. Os principais resultados demonstraram: a) a espécie MAA como a mais indicada para a produção de FCM; b) o consumo da farinha da casca do maracujá apresentou melhor relação HDL/(LDL-c + VLDL-c) em animais que consumiram dietas hipercolesteroêmicas; também foi responsável por níveis mais elevados de HDL-c em animais que consumiram FCM, bem como mostrou-se eficiente em aumentar o volume fecal; c) o exercício físico mostrou-se efetivo na elevação de lipoproteína de alta densidade (HDL-c) e na manutenção de um menor peso hepático e d) parâmetros, como CT (sorológico e hepático), LDL-c e glicose sérica, não foram influenciados pelo consumo de farinha da casca do maracujá ou pela prática de exercícios físicos.
Aiming to physically and chemically analyze the agroindustrial residue (peel) of three passion fruit species, yellow sweet passion fruit (maracujá amarelo doce - MAD) passiflora alata curtis, yellow sour passion fruit, (amarelo azedo - MAA), passiflora edulis f. flavicarpa, purple sour passion fruit (roxo azedo - MRA), passiflora edulis sims, among these species, it was chosen the most appropriate for the production of passion fruit peel flour, farinha da casca do maracujá (FCM), which was the species MAA, this was applied in the experiment "in vivo", investigating the effect of its consumption, associated or not to a programme of 60 days physical exercises (swimming), in search of dislipidemy control in female Fisher rats. Amongst the passion fruit species it was analyzed the weight of the fruit, the equatorial diameter (E), longitudinal (L) and the width of the mesocarp and/or the "peel thickness", weight of the seed, weight of the pulp, weight of the peel, and on the passion fruit peel flour weight, it was analyzed: wetness, protein, ether extract, fibers, ashes, acid detergent fibers (FDA), neutral detergent fibers (FDN), hemicelluloses, pectin and feed fiber (total, soluble). The experimental animals were fed on hipercolesterolemic diets, on these ones following analyzes were made: a) seric and serologic ones (glucose, CT, HDL-c, LDL-c, VLDL-c, TAG), b) hepatic tissues (CT, TAG and total lipidium), c) hepatic weight and fecal excretion. The main result indicate that: a) The yellow sour passion fruit, (amarelo azedo - MAA), as the most indicated to the production of FCM; b) The consumption of passion flour peel flour (FCM), presented better relation HDL/(LDL-c + VLDL-c), in animals which were fed on the hipercolesterolemic diets, being these also responsible for the higher levels of HDL-c in animals which had the intake of FCM, as well as it showed efficient for increasing the fecal volume; c) The physical exercises has shown more effective for rising the high level lipoprotein (HDL-c) and on the maintenance of a lower hepatic weight; d) parameters such as the CT (serologic and hepatic), LDL-c and seric glucose, were not influenced by the intake of passion fruit peel flour by the physical exercises
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2988
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCA - Ciência dos Alimentos - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Farinha da casca de maracujá associada ao exercício físico no controle da lipidemia de ratas.pdf1,87 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback