Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32290
Título : A imitação e o pensamento político brasileiro: uma análise das obras de Oliveira Vianna e de Guerreiro Ramos
Título(s) alternativo(s): The imitation and the Brazilian political thought: an analysis of the works of Oliveira Vianna and Guerreiro Ramos
Autor: Moreira, Marcelo Sevaybricker
Palavras-chave: Pensamento político brasileiro
Nacionalismo
Nationalism
Brazilian political thought
Publicador: Universidade Federal de São Carlos
Data da publicação: 2016
Referência: MOREIRA, M. S. A imitação e o pensamento político brasileiro: uma análise das obras de Oliveira Vianna e de Guerreiro Ramos. Teoria e Pesquisa, São Carlos, v. 25, n. 3, p. 174-197, 2016.
Resumo : Este artigo assume a hipótese de que o tema da imitação é essencial para se compreender não apenas a obra de alguns pensadores políticos, como Oliveira Vianna e Guerreiro Ramos, aqui escolhidos para análise, mas a própria formação do “pensamento político brasileiro”, enquanto objeto e também como campo de estudos científicos. Defendemos a ideia de que a forte presença da disjuntiva entre imitação e autenticidade na inteligência nacional é decorrente da história colonial e da condição periférica do país, que não é superada com a independência em 1822. Essa disjuntiva, utilizada como estratégia argumentativa por Vianna e Ramos, está associada ao discurso nacionalista adotado por ambos, ainda que com conotações políticas bastante diferentes. Sem poder avaliar a questão da imitação de modo mais sistemático, o trabalho conclui sugerindo algumas perspectivas de investigação na área de estudos de pensamento político brasileiro que considerem mais centralmente a ideia de periferia na formação de uma teoria política nacional.
Abstract: This article assumes that the subject of imitation is essential to understand not just the work of some political thinkers, like Oliveira Vianna and Guerreiro Ramos, here chosen for analysis, but the own formation of the “Brazilian political thought”, while object and also as a field of scientific studies. We defend the idea that the strong presence of disjunctive between imitation and authenticity in national intelligence is a result of colonial history and the peripheral condition of the country, which is not overcome with independence in 1822. This disjunctive, used as argumentative strategy by Vianna and Ramos, is associated with the nationalist discourse adopted by both, although with quite different political connotations. Unable to evaluate the question of imitation of more systematic way, the work concludes by suggesting some prospects for research in the field of study of Brazilian political thought they deem more centrally the idea of periphery in the formation of a national political theory.
URI: http://www.teoriaepesquisa.ufscar.br/index.php/tp/issue/view/82
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/32290
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCH - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.