Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37458
metadata.artigo.dc.title: Relações de parentesco em empresas familiares: uma abordagem sócio-antropológica
metadata.artigo.dc.title.alternative: Kinship relations in family business: a socio-anthropological approach
metadata.artigo.dc.creator: Lescura, Carolina
Borges, Alex Fernando
Brito, Mozar José de
metadata.artigo.dc.subject: Empresas familiares
Relações de parentesco
Family business
Kinship relations
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal de Pernambuco
metadata.artigo.dc.date.issued: 2012
metadata.artigo.dc.identifier.citation: LESCURA, C.; BORGES, A. F.; BRITO, M. J. de. Relações de parentesco em empresas familiares: uma abordagem sócio-antropológica. Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, Recife, v. 10, n. 3, p. 595-622, set./dez. 2012.
metadata.artigo.dc.description.resumo: As empresas familiares têm sido objeto de interesse científico crescente. Nota-se o surgimento de diferentes temas de pesquisa, que se encontram voltados para a compreensão e caracterização das problemáticas vivenciadas por esse tipo de organização. Apesar de ter reconhecida sua importância científica, existem tópicos pouco estudados pelos pesquisadores do campo. Desse modo, torna-se interessante buscar elementos que são incipientes na pesquisa sobre empresas familiares, em uma perspectiva multidisciplinar. Buscando contribuir nesse sentido, o objetivo do presente artigo consiste em problematizar a possibilidade de inserção de abordagens sócio-antropológicas para a compreensão da dinâmica das empresas familiares. Para tanto, foram articuladas questões associadas às relações de parentesco em empresas familiares. Conclui-se que as pesquisas sobre empresas familiares não podem se ater apenas ao estudo de seus aspectos estratégicos e gerenciais. Em outras palavras, a pesquisa sobre empresas familiares deve também compreender problemáticas associadas à família e à interação entre família e empresa, agregando perspectivas sócio-antropológicas nesse esforço. Investigar essa dinâmica implica em compreender, com maior profundidade e densidade, os elementos intrínsecos que influenciam a natureza das empresas familiares.
metadata.artigo.dc.description.abstract: Family business enterprises have been subject of growing research interest. Different research themes have emerged to understand and to characterize the issues related to this sort of organization. Despite the recognition of its scientific importance, there are topics understudied by researchers from the field Business Administration. Thus, it is important to search of new insights from family business study, applying a multidisciplinary perspective. The purpose of this paper is to discuss socio-anthropological approaches to understand the dynamics of family businesses. To achieve this purpose, we articulated issues related to kinship relations in family firms. We conclude that research on family business cannot be restricted to the study of their managerial and strategic aspects. In other words, research on family business should also understand issues associated with the family and the interaction between family and business, aggregating sociological and anthropological perspectives in this effort. To investigate this dynamic means to comprehend the intrinsic elements which affect the nature of family businesses.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: https://periodicos.ufpe.br/revistas/gestaoorg/article/view/21656
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37458
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.