Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Microbiologia Agrícola - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5537

Título: Efeito de óleos essenciais sobre Lecanicillium fungicola e sua colonização em Agaricus bisporus
Título Alternativo: Essential oils effects on Lecanicllium fungicola and its colonization in Agaricus bisporus
Autor(es): Santos, Tamara Leite dos
Orientador: Alves, Eduardo
Coorientador(es): Dias, Eustáquio Souza
Membro da banca: Zied, Diego Cunha
Labory, Cláudia Regina Gontijo
Área de concentração: Microbiologia Agrícola
Assunto: Óleos essenciais
Lecanicillium fungicola
MEV
Controle alternativo
Essential oils
Lecanicillium fungicola
SEM
Alternative control
Data de Defesa: 24-Fev-2015
Data de publicação: 28-Abr-2015
Agência de Fomento: Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: SANTOS, T. L. dos. Efeito de óleos essenciais sobre Lecanicillium fungicola e sua colonização em Agaricus bisporus. 2015. 79 p. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agrícola)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: No Brasil, vem se notando um crescimento no consumo e, consequentemente, na produção e comercialização de cogumelos, em especial Agaricus bisporus, o champignon. Esse fato ocorre por haver, atualmente, maior divulgação de seu valor nutritivo e medicinal e por seu preço ter se tornado um pouco mais acessível à população. Entretanto, a espécie Lecanicillium fungicola é ainda hoje considerada como o patógeno mais importante de A. Bisporus, desenvolvendo-se onde quer que se cultive o cogumelo. Além disso, sabe-se que a sensibilidade do patógeno vem diminuindo frente aos fungicidas atualmente utilizados no controle deste. Desta forma, este estudo objetivou avaliar o efeito de óleos essenciais extraídos de Melissa officinalis (erva-cidreira), Thymus vulgaris (tomilho), Origanum vulgare (orégano), Eucalyptus globulus (eucalipto), Cinnamomum zeylanicum (canela) e Syzygium aromaticum (cravoda-índia) sobre o crescimento micelial e a germinação de conídios de L. fungicola in vitro; além de verificar a interação entre A. bisporus e L. fungicola por meio de microscopia eletrônica de varredura (MEV). Os óleos de canela e cravo na concentração 0,4% e tomilho a 0,8% inibiram o crescimento micelial do fungo, enquanto os óleos de orégano, erva-cidreira e eucalipto não foram eficientes. A germinação de conídios foi inibida pelo óleo de canela em todas as concentrações, o óleo de cravo a 0,4% e o óleo de tomilho a 0,8%, ao passo que, os óleos de eucalipto, erva-cidreira e orégano não foram eficientes novamente. O exame de microscopia eletrônica de varredura revelou que após 19 horas da inoculação de L. fungicola em A. bisporus, os esporos já estão completamente germinados, o que indica a ocorrência da infecção. Assim, os resultados deste trabalho sugerem que os óleos de S. aromaticum, C. zeylanicum e T. vulgaris são alternativas potenciais para o tratamento de cogumelos no controle de L. fungicola.
In Brazil, we notice a rise in consumption and, consequently, in the production and commercialization of mushrooms, especially Agaricus bisporus, the popular champignon. This occurs because of the current major promotion of its nutritional and medicinal properties and for its price having become more accessible. However, the Lecanicillium fungicola species is considered the main pathogen for A. bisporus, growing wherever the mushroom establishes. In addition, it is known that the pathogen‟s sensibility decreases because of the fungicides currently used for its control. Therefore, this study aimed at evaluating the effect of essential oils extracted from Melissa officinalis (lemon balm), Thymus vulgaris (thyme), Origanum vulgare (oregano), Eucalyptus globulus (eucalyptus), Cinnamomum zeylanicum (cinnamon) and Syzygium aromaticum (India clove) over the in vitro mycelial growth and conidia germination of L. fungicola; as well as verifying the interaction between A. bisporus and L. fungicola by means of scanning electron microscopy (SEM). The cinnamon and India clove oils, in the concentration of 0.4%, and thyme, at 0.8%, inhibited the mycelial growth of the fungus, while oregano, lemon balm and eucalyptus oils were inefficient. The Scan Electron Microscopy revealed that, after 19 hours of L. fungicola inoculation to A. bisporus, the spores were already fully germinated, which indicates the occurrence of infection. Thus, the results of this study suggest that S. aromaticum, C. zeylanicum and T. vulgaris oils are potential alternatives in treating mushrooms for controlling L. fungicola.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de PósGraduação em Microbiologia Agrícola, área de concentração em Microbiologia Agrícola, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5537
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Microbiologia Agrícola - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Efeito de óleos essenciais sobre Lecanicillium fungicola e sua.pdf1,94 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback