DSpace
Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DED - Departamento de Educação >
DED - Programa de Pós-graduação >
DED - Educação - Mestrado Profissional (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1686

Título: Tensões de um assistente social na assistência estudantil do CEFET/MG Nepomuceno
Autor(es): Silveira, Mariana Coelho da
Orientador: Rodrigues, Luciana Azevedo
Coorientador(es): Farias, Marcio Norberto
Membro da banca: Campos, Nilce Maria Altenfelder Silva de Arruda
Barbosa, Vanderlei
Área de concentração: Formação de Professores
Assunto: Educação
Assistência social
Professores - Formação
Teoria crítica
Serviço social
Social service
Education
Critical theory
Data de Defesa: 6-Set-2013
Data de publicação: 2014
Referência: SILVEIRA, M. C. da. Tensões de um assistente social na assistência estudantil do CEFET/MG Nepomuceno. 2013. 114 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: Objetivou-se, nesta pesquisa, problematizar os limites, as possibilidades e desafios do trabalho do assistente social, da assistência estudantil do CEFET/MG – Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais campus Nepomuceno diante da configuração social atual da sociedade capitalista, na qual a expansão do capital cria novas formas de opressão. Tal configuração social é problematizada neste estudo à luz da Teoria Crítica da Sociedade, que direciona sua crítica ao modo como a sociedade, pautada no esclarecimento, regride a possibilidade de uma consciência verdadeira ao uso meramente instrumental da razão. Tal razão submetida aos interesses dominantes, reconfigura a natureza das relações humanas. Neste contexto, a educação e as instituições escolares delineiam cada vez mais sua educação para o atendimento das demandas do mercado. Para Türcke (2010), o mercado tornou-se a principal força propulsora de integração, não só porque possibilita a sobrevivência do indivíduo por meio da venda de sua força de trabalho, mas porque vem suscitando nos indivíduos, mediante os ideais propagandeados pela Indústria Cultural, a sensação de inclusão e felicidade quando, na verdade, vem acarretando danos corrosivos aos processos de formação. Diante de um contexto de perversa integração, o estudante do CEFET/MG Nepomuceno busca se adaptar e para isso também procura apoio no trabalho do assistente social, que se permeia de intensas tensões, diante da ambivalência adaptação/emancipação. O trabalho do assistente social expressa e nega a totalidade, e conserva, enquanto particular, uma tensão com a totalidade, quando manifesta algo que não se ajusta à realidade. Nesse sentido, a pesquisa se caracteriza como um estudo de caso do assistente social da assistência estudantil do CEFET/MG Nepomuceno e busca visualizar, no objeto, as determinações históricas e sociais nele refletidos, nos termos desenvolvidos por Adorno e Horkheimer (1985) em “Dialética do Esclarecimento”, cuja proposição é orientada pela auto reflexão crítica. Para atender aos objetivos da pesquisa foram elaborados diários de campo do assistente social, nos períodos de 2012/2 e 2013/1, e extraídas passagens de alguns períodos que representassem cada uma das suas frentes de trabalho de modo a evidenciar as tensões vividas pelo profissional, seus limites e possibilidades formativas. A denúncia da diagnose social da Teoria Crítica da Sociedade fornece os elementos para se pensar a configuração social da modernidade e suas consequências no campo da educação, que parece impotente diante de transformações que vêm ocorrendo. Contudo, a Teoria Crítica pensa a sociedade e a educação como um devir e acredita que só o verdadeiro esclarecimento trará condições para intervir nesse seu rumo.
The objective of this research was to problematize the limits, possibilities and challenges of the work of a social assistant of the student assistance in CEFET/MG – Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, in Nepomuceno, Minas Gerais, Brazil, regarding current social configuration of the capitalist society, in which the expansion of capital creates new forms of oppression. Such social configuration is problematized in this study in light of the Critical Theory of Society, which directs its criticism to the manner in which society, based on enlightenment, regresses the possibility of a true conscience to the merely instrumental use of reason. Such reason submitted to the dominant interests, reconfigures the nature of human relations. In this context, education and the school institutions increasingly outline its education in order to attend the market’s demands. For Türcke (2010), the market has become the main propelling force to integration, not only because it allows the individual’s survival by selling his/her working strength, but because it has been stimulating the individuals through the ideals advertised by the Cultural Industry, the sensation of inclusion and happiness when, in reality, it causes corrosive damage to the formation processes. In a context of perverse integration, the CEFET/MG Nepomuceno student seeks to adapt, searching for support in the work of social assistants, which permeates of intense tensions, in front of the adaptation/emancipation ambivalence. The social assistant’s work expresses and denies totality, conserving, as particular, a tension with totality when manifesting something which does not adjust to reality. In this sense, the research is characterized as a case study of the CEFET/MG school assistance social assistant, and seeks to visualize in the object, the historical and social determinations reflected on them, in the terms developed by Adorno and Horkheimer (1985) in “Enlightenment Dialectic”, in which the proposal is oriented by the critical self-reflection. In order to meet the objectives of this research, we elaborated field journals of the social assistant in the periods of 2012/2 and 2013/1, and extracted passages of a few which represented each of the work fronts, in order to evidence the tensions lived by the practitioner, his/her limits and formation possibilities. The complaint of the social diagnosis of the Critical Theory of Society provides the elements to consider the social configuration of modern times and its consequences in the education field, which seems to be impotent in face of the occurring transformations. However, the Critical Theory sees society and education as a transformation and believes that only true enlightenment will bring conditions to intervene in its course.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Educação, área de concentração Formação de Professores, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1686
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DED - Educação - Mestrado Profissional (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTACAO_Tensões de um assistente social....pdf512,14 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback