Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28196
Título : Polimorfismo de isoenzimas em Protium spruceanum (Benth) Engler (burseraceae) como base para estudos de diversidade genética
Título(s) alternativo(s): Isozymes polymorphism in Protium spruceanum (Benth.) Engler (burseraceae) as base for genetic diversity studies
Autor: Fajardo, Cristiane Gouvêa
Vieira, Fábio de Almeida
Morais, Verlândia de Medeiros
Maracajá, Patrício Borges
Carvalho, Dulcinéia de
Palavras-chave: Genética de populações
Marcadores moleculares
Espécie arbórea
Population genetics
Molecular markers
Tree species
Publicador: Grupo Verde de Agricultura Alternativa
Data da publicação: 2009
Referência: FAJARDO, C. G. et al. Polimorfismo de isoenzimas em Protium spruceanum (Benth) Engler (burseraceae) como base para estudos de diversidade genética. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Mossoró, v. 4, n. 4, p. 27 – 32, out./dez. 2009.
Resumo : Os marcadores moleculares complementam os métodos tradicionalmente empregados no melhoramento, no manejo e na conservação genética de espécies florestais. Entre os marcadores moleculares, as isoenzimas têm sido utilizadas em estudos que envolvem a caracterização genética de populações naturais e cultivadas de diversos organismos vivos, na identificação de espécies e híbridos. O objetivo deste trabalho foi estabelecer protocolos para a extração de isoenzimas e seleção de sistemas enzimáticos a serem utilizados nos estudos de diversidade genética em populações naturais da espécie arbórea Protium spruceanum. Compararam-se tampões para a extração das enzimas obtidas de folhas e testou-se 14 sistemas enzimáticos, por meio da técnica de eletroforese. Conclui-se que para os estudos de genética de populações de P. spruceanum, utilizando-se marcadores isoenzimáticos, o tampão n° 1 de Alfenas, com algumas modificações, é o ideal para a extração das enzimas de tecido foliar da espécie. Os sistemas enzimáticos ADH, GDH, GLDH, GTDH, MDH, PER, SDH e SKDH apresentaram ótima atividade e resolução das bandas passíveis de interpretação, resultando em dez locos polimórficos e 20 alelos.
Abstract: The use of molecular markers variation has a long tradition in population genetics, and more recent application in forest tree improvement, management and conservation genetics. It is know that the isozymes are reliable markers for population genetics studies, species and hybrids identification, because of the rapidity and low economic cost of electrophoretic methods. The aim of this study was to investigate and to select extraction protocols and enzymatic systems of several individuals of the tree Protium spruceanum for genetic diversity studies. Extraction protocols and 14 enzymatic systems were analyzed by using the starch gel electrophoresis technique on plant leaves. Among all extraction protocols and enzymatic systems investigated here, the buffer systems n° 1 of Alfenas and ADH, GDH, GLDH, GTDH, MDH, PER, SDH e SKDH enzymatic systems were the most suitable for identifying P. spruceanum isozymes. The eight enzyme systems selected showed ten loci that could be interpreted and 20 alleles.
URI: http://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/view/213
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28196
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCF - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.