Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29748
metadata.teses.dc.title: Problematização nas pesquisas agropecuárias e pequena produção
metadata.teses.dc.creator: Cardoso, Cláudia
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Silveira, Lucimar Leão
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Oliveira, Luís Carlos Ferreira de Souza
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Moura Filho, Jovino Amâncio de
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Amâncio, Robson
metadata.teses.dc.subject: Pesquisa agropecuária - Lavras (MG)
Inovação agrícola
metadata.teses.dc.date.issued: 25-Jul-2018
metadata.teses.dc.identifier.citation: CARDOSO, C. Problematização nas pesquisas agropecuárias e pequena produção. 1994. 68 p. Dissertação (Mestrado em Administração Rural) - Escola Superior de Agricultura de Lavras, Lavras, 1994.
metadata.teses.dc.description.resumo: O interesse por esse estudo surgiu da percepção de uma oposição entre o discurso e a prática referindo-se à pesquisa. De um lado estão as instituições que realizam pesquisas agropecuárias se dizendo preocupadas com a pequena produção e de outro os extensionistas e produtores: "as pesquisas não resolvem os problemas dos produtores, em especial do pequeno" que se vê também "impossibilitado de adotar tecnologias eficazes pela escassez de recursos." Em face desse conflito surgiu a questão que norteou o presente estudo: qual a origem da problematização apresentada nas pesquisas agropecuárias desenvolvidas na região de Lavras/MG? Essa pesquisa foi realizada no município de Lavras, no ano de 1993, e elegeu como população alvo os pesquisadores da ESAL e EPAMIG local que, na época, possuíam maior número de trabalhos publicados e de projetos de pesquisa em andamento. A perspectiva metodológica adotada neste estudo foi aabordagem qualitativa, por ser considerada a mais indicada para estudar a problematização das pesquisas agropecuárias, vista pela ótica dos próprios entrevistados. A orientação teórica se baseou no processo de modernização da agricultura brasileira e na geração tecnológica no que diz respeito à problematização da pesquisa, ambos os temas voltados para a questão da pequena produção. Através de entrevistas realizadas com os pesquisadores das duas instituições envolvidas, verificou-se que os fatores que, segundo eles, levam à problematização nas pesquisas agropecuárias, em ordem decrescente de importância são: interesse próprio, necessidade do produtor, revisão de literatura, disponibilidade de recursos financeiros, problemas oriundos de seminários e problemas que os alunos trazem prontos. No que diz respeito aos usuários dos resultados de suas pesquisas, os pesquisadores acreditam que sejam os próprios produtores rurais e a comunidade científica principalmente. Quando questionados se haveria diferenciação das possibilidades de uso dos resultados para pequenos, médios e grandes produtores, responderam que suas pesquisas podem beneficiar os três níveis de produtores, bastando para isso uma adaptação dos resultados, mostrando assim que desconhecem as limitações e peculiaridades da pequena produção. Apesar dos pesquisadores terem afirmado que a disponibilidade de recursos financeiros não é fatorimportante na problematização das pesquisas, o que se constatou no decorrer da pesquisa é que ela influencia sobremaneira na problematização. 0 financiamento das pesquisas se dá pelas agências de fomento, através de recursos oriundos do Estado, e estas obedecem a uma lista de prioridades estipulada pelo mesmo. Os projetos de pesquisa só recebem aprovação e posterior financiamento se estiverem enquadrados nessa lista de prioridades das agências de fomento. Deste modo, observou-se que os pesquisadores, antes de mais nada, problematizam suas pesquisas de forma que as mesmas se encaixem nas prioridades das agências. Desta forma, eles perdem a autonomia do quê pesquisar passando o Estado a obter o controle da ciência, através das agências de fomento. Sendo assim, a origem da problematização apresentada nas pesquisas agropecuárias desenvolvidas na região de Lavras obedece às prioridades das agências financiadoras e, apesar de em seus discursos, as instituições de pesquisas se mostrarem preocupadas com a questão da pequena produção, através deste estudo, observou-se que os pesquisadores não estão envolvidos com a problemática da pequena produção até mesmo porque as pesquisas mais sofisticadas, que necessitam importar técnicas ou materiais, são as mais estimuladas pelas agências como também aquelas relativas a produtos de exportação, sendo portanto incompatíveis com a realidade dos camponeses.
metadata.teses.dc.description.abstract: The interest on this study emerged from the perception of an opposition between the speech and the pratice when referring to research. At one side are the institutions that realize agricultural and cattle raising researches saying to be worried with the small production and at the other are the extensivists and producers: "the researches don-t solve the problems of the producers, specially of the small ones" that also find themselves "incapable of adopting efficient technologies due to the scarcity of resources". In face of this conflict emerged the question that guided the following study: what is the origin of the problems presented on the agricultural and cattle raising researches developed at the área of Lavras/MG? This research was realized at the municipal district of Lavras, during the year of 1993, and elect as it-s target population the researchers from the ESAL and local EPAMIG that, by that time, had larger number of papers published and researches in process. The methodological perspective adopted in this study was the qualitative approach, for it is considerate the most indicated to study the problem of agricultural and cattle raising researches, as pictured by the own interviewed persons. The theoric orientation was based on the modernization process of the brazilian agriculture and on technological generation, regarding the problems on research, both themes directed to the question of small production. Through the interviews realized with researches from the two involved institutions, it was verified that the factors that, according to them, lead to problems on agricultural and cattle raising researches, in decreasing order of importance are: private interest, producer's need, revision of Literature, disposability of finantial resources, problems derived from seminars and problems brought forward by the students. Regarding the users of the researches results, the researchers believe to be the own rural producers, and mainly the scientific community. When questioned if there would be differentiation in the possibilities of use of the result to small, médium and large producers, they answered that their researches may benefity the three leveis of producers, as long as an adaption of the results is made, displaying so their ignorance of the limitations and peculiarities of small production. Although the researchers affirm that the disposability of finantial resources is not an important factor on the problems of research, what was evidence during the course of the research is that it does influence excessively on the problems. The financing of the researches is given by development agencies, through recourses derived from the State, and these obey a list of priorities stipulated by the State itself. The projects of research are only given approval and posterior financing if they are framed in the list of priorities of the development agencies. This way, it was observed that the researchers, prior to anything, schematize their papers in a way they fit the agencies's priorities, and by doing it, they loose the autonomy on what to research, passing on to the State the control of science, through the development agencies. Being so, the origin of problems presented on agricultural and cattle raising researches developed in the Lavras área obey the priorities of the financing agencies and, although in their speeches the research institutions show themselves worried with the small production question, through this study it was observed that the researchers are not involved with the problematic of the small production, even because the most sophisticated researches, that need to import technics or material, are the most stimulated by the agencies, as well as those related to exportation products, are also incompatible with the reality of the peasants.
metadata.teses.dc.description: Esta dissertação/tese está disponível online com base na Resolução CEPE nº 090, de 24 de março de 2015, disponível em http://www.biblioteca.ufla.br/wordpress/wp-content/uploads/res090-2015.pdf, que dispõe sobre a disponibilização da coleção retrospectiva de teses e dissertações online no Repositório Institucional da UFLA, sem autorização prévia dos autores. Parágrafo Único. Caberá ao autor ou orientador a solicitação de restrição quanto à divulgação de teses e dissertações com pedidos de patente ou qualquer embargo similar. Art. 5º A obra depositada no RIUFLA que tenha direitos autorais externos à Universidade Federal de Lavras poderá ser removida mediante solicitação por escrito, exclusivamente do autor, encaminhada à Comissão Técnica da Biblioteca Universitária./ Arquivo gerado por meio da digitalização de material impresso. Alguns caracteres podem ter sido reconhecidos erroneamente.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29748
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_Problematização nas pesquisas agropecuárias e pequena produção.pdf3,34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.