Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2987
Título: Efeito da nucleação secundária sobre a cristalização do doce de leite
Título(s) alternativo(s): Effect of the secondary nucleation in the crystallization of "Doce de Leite"
Autor : Perrone, Ítalo Tuler
Primeiro orientador: Ferrua, Fabiana Queiroz
Primeiro membro da banca: Magalhães, Fernando Antônio Resplande
Silva, Paulo Henrique Fonseca da
Palavras-chave: Doce de leite - Cristalização
Doce de leite - Lactose
Nucleação secundária
Secondary nucleation
Data da publicação: 19-Ago-2014
Referência: PERRONE, I. T. Efeito da nucleação secundária sobre a cristalização do doce de leite. 2006. 49 p. Dissertação (Mestrado em Ciência dos Alimentos)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
Resumo: O intuito desta investigação foi estudar a cristalização da lactose em doce de leite empregando soro e nucleação secundária no processo de fabricação Este experimento foi realizado no Instituto de Laticínios Cândido Tostes EPAMIG localizado em Juiz de Fora no estado de Minas Gerais Envolveu dois tratamentos com e sem a semeadura de microcristais de lactose Os ingredientes empregados na elaboração do doce de leite foram concentrados em tacho aberto com agitação mecânica até 70 % de sólidos totais O produto foi resfriado a 65ºC e realizada a semeadura com microcristais de lactose para prevenir arenosidade durante a vida de prateleira Para entender o efeito da nucleação secundária o crescimento e o tamanho dos cristais foram determinados e calculados com o auxílio de um microscópio Testes preliminares indicaram que a adição de amido na tecnologia inibiu a formação de cristais impossibilitando a nucleação secundária Cristais de lactose com tamanho superior a 180 mm foram detectados no doce de leite obtido sem nucleação secundária após 30 dias de estocagem Para o doce de leite com semeadura de 0,05 % de lactose sobre a massa de doce não foi observada variação no tamanho dos cristais durante a estocagem. O tamanho médio dos cristais foi 56,2 µm com variação de 21,91 mm O número de cristais de lactose por grama de doce variou de 2,16x106 a 8,92x107 tendo como valor médio 3,96x107
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2987
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Efeito da nucleação secundária sobre a cristalização do doce de leite.pdf395,2 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.