Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/42229
metadata.artigo.dc.title: Impacto econômico da implantação das boas práticas agropecuárias relacionadas com a qualidade do leite
metadata.artigo.dc.title.alternative: Economic impact of the implementation of good agricultural practices related to milk quality
metadata.artigo.dc.creator: Paixão, Marcel Gomes
Lopes, Marcos Aurélio
Pinto, Sandra Maria
Abreu, Luiz Ronaldo de
metadata.artigo.dc.subject: Bovinocultura leiteira - Análise econômica
Boas práticas de fabricação
Dairy cattle - Economic analysis
Good manufacturing practices
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal de Viçosa
metadata.artigo.dc.date.issued: 2014
metadata.artigo.dc.identifier.citation: PAIXÃO, M. G. et al. Impacto econômico da implantação das boas práticas agropecuárias relacionadas com a qualidade do leite. Revista Ceres, Viçosa, MG, v. 61, n. 5, p. 612-621, set./out. 2014.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Objetivou-se, neste estudo, avaliar o impacto econômico da implantação das boas práticas agropecuárias (BPA), relacionadas com a qualidade higiênica sanitária do leite. A pesquisa consistiu na simulação de nove cenários, compostos por três diferentes níveis de BPA para a melhoria da qualidade do leite (baixo, médio e alto), em três diferentes situações (somente aplicação das BPAs; aplicação das BPAs e construção da sala do leite; e aplicação das BPAs, construção da sala do leite e aquisição do tanque de expansão). O rebanho leiteiro hipotético constava de 30 vacas em lactação, com média de dez litros de leite/animal/dia, ordenhadas duas vezes ao dia, em ordenhadeira tipo "balde ao pé". A receita consistiu na média da bonificação/penalização, praticadas por dez laticínios da região sudeste, considerando-se diferentes intervalos de contagem de células somáticas (CCS) e contagem bacteriana total (CBT). A inclusão das BPAs para a melhoria da qualidade do leite, quando praticadas em seu nível máximo, mostrou-se com rápido retorno do capital investido (payback) e ótima taxa interna de retorno (TIR) apenas para aqueles pecuaristas que já possuíam a sala do leite e o tanque de expansão.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The objective of this work was to evaluate the economic impact of the implementation of good agricultural practices (GAP) related to hygienic and sanitary quality of milk. The study consisted in simulating nine scenarios with three different levels of GAP for the improvement of milk quality (low, medium and high) in three different situations (application of GAP only; application of GAP and "milk room" building; application of GAP, "milk room" building and acquisition of a bulk tank). The hypothetic dairy herd had 30 lactating cows, with an average of 10 liters of milk/cow/day and milked twice a day by an automatic milking bucket. The revenues consisted of the bonus/penalty average established by 10 dairy plants in the southeast region, considering the different ranges of somatic cell count (SCC) and total bacterial count (TBC). The inclusion of the GAP to improve milk quality, when practiced at maximum level, showed itself with rapid return on invested capital (payback) and excellent internal rate of return (IRR) only for those farmers who already had the "milk room" and the bulk tank.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/42229
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DCA - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons