Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/43388
metadata.artigo.dc.title: Utilização de casca de banana na fabricação de doces de banana em massa: avaliação da qualidade
metadata.artigo.dc.title.alternative: The use of peels banana in banana preserves: evaluation of quality
metadata.artigo.dc.creator: Oliveira, Lenice Freiman
Borges, Soraia Vilela
Nascimento, Juliene
Cunha, Admilson Costa
Jesus, Thais Baptista
Pereira, Patrícia Aparecida Pimenta
Pereira, Anirene Galvão Tavares
Figueiredo, Luisa Pereira
Valente, Wanderson Alexandre
metadata.artigo.dc.subject: Frutas
Processamento de alimentos
Composição química
Análise sensorial
Fruits
Food processing
Chemical composition
Sensory analysis
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR) - Câmpus de Araraquara
metadata.artigo.dc.date.issued: Dec-2009
metadata.artigo.dc.identifier.citation: OLIVEIRA, L. F. et al. Utilização de casca de banana na fabricação de doces de banana em massa: avaliação da qualidade. Alimentos e Nutrição, Araraquara, v. 20, n. 4, p. 581-589, out./dez. 2009.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Cascas de banana representam resíduos nutritivos e ricos em pectina, podendo enriquecer doces em massa e contribuir para melhoria da qualidade dos mesmos. Este trabalho teve como objetivos avaliar os fatores concentração de cascas e pH na qualidade física, química e sensorial de doces de banana. O planejamento usado foi do tipo fatorial completo (2 variáveis, 3 níveis) com 3 repetições, mantendo constante a relação polpa/açúcar e a concentração fi nal de sólidos solúveis do produto. Houve uma redução nos parâ- metros de cor a* (intensidade do vermelho) e b* (intensidade do amarelo) com a diminuição de pH. O aumento da concentração da casca diminuiu b* e aumentou a* até atingir pH 4,0, indicando um escurecimento do produto. A dureza e adesividade apresentaram um valor máximo para pH igual a 4,0 notadamente para o maior teor de cascas. Os resultados indicaram que a incorporação de 20% de casca e o pH 4,0 foram as melhores condições para a fabricação deste alimento, alcançando boa aceitação para os atributos cor, sabor e textura (entre gostei extremamente e gostei).
metadata.artigo.dc.description.abstract: The peels of bananas represent nutritious waste and are rich in pectin, which can enrich the preserves and contribute to improve their quality. This study aimed to evaluate the factors: pH and concentration of peels on physical, chemical and sensory quality of banana preserves. The design used was a full factorial (2 variables, 3 levels) with 3 replications, keeping constant the ratio pulp / sugar and the solid solubles concentration of the fi nal product. The addition of peels and the reduction of pH increased the titrable acidity. At pH below and above 4.0 to 4.2 the nonreducing and reducing sugars were reduced for any levels of peels. There was a reduction in the color parameters a * (intensity of red) and b * (intensity of yellow) with the decrease of pH . The increase in concentration of peels decreased b * and increased a * until it reaches pH 4.0, indicating a darkening of the product. The hardness and adhesiveness showed a maximum value at pH 4,0, especially for higher peels content. The sensory results indicated the incorporation of 20% of peels and pH 4.0 as optimum conditions for this food, with good acceptance for the attributes color, fl avor and texture (between like-liked extremely).
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/43388
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DCA - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons