Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4615
Título: Efeito da incorporação de lactoferrampina bovina nas propriedades de nanocompósitos amido de milho/montmorilonita e na conservação de mandioquinha-salsa
Título(s) alternativo(s): Effect of bovine lactoferrampin incorporation on corn starch/montmorillonite nanocomposites properties and peruvian carrot conservation
Autor : Alves, Janyelle Severino
Primeiro orientador: Pereira, Joelma
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Reis, Kelen Cristina dos
Primeiro membro da banca: Alves, Eduardo
Elias, Heloisa Helena de Siqueira
Carneiro, João de Deus Souza
Área de concentração: Ciência dos Alimentos
Palavras-chave: Embalagem ativa
Peptídeo antimicrobiano
Arracacia xanthorrhiza Bancroft
Qualidade pós-colheita
Active packaging
Antimicrobial peptide
Arracacia xanthorrhiza Bancroft
Postharvest quality
Data da publicação: 2014
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: ALVES, J. S. Efeito da incorporação de lactoferrampina bovina nas propriedades de nanocompósitos amido de milho/montmorilonita e na conservação de mandioquinha-salsa. 2014. 145 p. Tese (Doutorado em Ciência dos Alimentos) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: Compósitos de amido, por serem biodegradáveis, têm sido pesquisados no intuito de diminuir o impacto ambiental. A adição de plastificantes, de reforços (carga) e de agentes antimicrobianos melhora as propriedades mecânicas, físicas, microbiológicas e permeabilidade desses compósitos. Objetivou-se: elaborar e caracterizar nanocompósitos (amido + glicerol + montmorilonita (MMT) + lactoferrampina bovina (Lfampin)); avaliar a ação antifúngica e antibacteriana da Lfampin; e avaliar a vida útil pós-colheita de raízes de mandioquinha-salsa revestidas com os nanocompósitos obtidos. Foram elaborados três tratamentos, com três repetições, pelo processo casting: T1 – compósito amido + glicerol, T2 – nanocompósito amido + glicerol + MMT, T3 – nanocompósito amido+glicerol+MMT+Lfampin e neles foram realizados ensaios mecânicos, físicos, taxa de permeabilidade ao vapor de água, morfológicos e térmicos; e nas mandioquinhas-salsa revestidas com os três tipos de nanocompósitos, armazenadas à temperatura ambiente, foram realizados análises microbiológicas (nos tempos zero e quatro dias) e físico-químicas (a cada dois dias até oito dias – sendo considerado DIC – Delineamento Inteiramente Casualizado), com três repetições. Nas análises realizadas nos nanocompósitos foi observada a intercalação da MMT na matriz de amido. Esse fato foi atribuído principalmente à forte interação das camadas de silicato, presentes na MMT, com os grupos hidroxilas do amido. A intercalação da MMT na matriz (T2) melhora a taxa de permeabilidade ao vapor de água e as propriedades térmicas; diminuindo a permeabilidade e aumentando a estabilidade térmica. Em relação à adição da Lfampin (T3) não foi detectada nos nanocompósitos, porém, houve alteração em algumas análises realizadas. Nos compósitos adicionados de Lfampin, não há ação antimicrobiana para os fungos Aspergillus flavus, Aspergillus ochraceus e Penicillium roqueforti, de acordo com as condições em que esse experimento foi conduzido. O melhor efeito antibacteriano da Lfampin em relação a CMI (Concentração Mínima Inibitória) é para a Escherichia coli, seguida pela Pectobacterium carotovora e por último a Pectobacterium chrysanthemi. Nas condições em que foi realizado esse experimento, a mandioquinha-salsa da cultivar Amarela de Senador Amaral, revestida com solução filmogênica amido de milho, glicerol, MMT e Lfampin armazenada em temperatura ambiente não apresentam melhora na qualidade pós-colheita quando comparada as mandioquinhas-salsa sem revestimento. A adição de MMT e Lfampin (T3 – mandioquinha-salsa revestida com solução filmogênica de amido de milho+glicerol+MMT e T4 – mandioquinha-salsa revestida com solução filmogênica amido de milho+glicerol+MMT+Lfampin) diminui o pH favorecendo o aumento da estabilidade das mandioquinhas revestidas.
Biodegradable starch composites have been researched in order to decreasing environmental impact. The addition of plasticizers, reinforcements (load) and antimicrobial agents improves the mechanical, physical, microbiological properties and permeability of the composites. This work aimed to: develop and characterize nanocomposites films (starch + glycerol + montmorillonite (MMT) + bovine lactoferrampin (Lfampin)); evaluate the antifungal and antibacterial action of Lfampin and evaluate the postharvest life of roots of Peruvian carrot coated with nanocomposites films. Three treatments were prepared with three repetitions, by casting process: T1 – starch + glycerol; T2 – starch + glycerol + MMT and T3 – starch + glycerol + MMT + Lfampin in them and mechanical, physical, rate of water vapor permeability, thermal and morphological tests were performed. Peruvian carrot coated with three types of nanocomposites and stored at room temperature was analyzed. The microbiological analyze were performed (at zero and four days) and physicochemical (every two days, up to eight days) in a completely randomized design with three repetitions. Analyzes showed the intercalation of MMT in the nanocomposites starch. This was mainly attributed to the strong interaction of silicate layers present in MMT with the starch hydroxyl groups. The MMT intercalation in starch matrix (T2) enhances the rate of water vapor permeability and thermal properties by decreasing permeability and increasing thermal stability. Regarding the addition of Lfampin (T3), no antimicrobial activity was observed for Aspergillus flavus, Aspergillus ochraceus and Penicillium roqueforti fungi, according to the conditions under which this experiment was conducted. The best antibacterial effect of Lfampin compared to the minimum inhibitory concentration (MIC) was obtained for Escherichia coli, followed by Pectobacterium carotovora, and finally, Pectobacterium chrysanthemi. Under the conditions which this experiment was conducted, the Peruvian carrot (Amarela de Senador Amaral), coated with filmogenic solution (corn starch, glycerol, MMT and Lfampin), stored at room temperature, no improvement in postharvest quality when compared to Peruvian carrot uncoated. The addition of MMT and Lfampin in the filmogenic solution (T3 – corn starch+glycerol+MMT and T4 – corn starch+glycerol+MMT+Lfampin) reduced the pH promoting the enhanced stability of Peruvian carrot coated.
metadata.teses.dc.description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos, área de concentração em Ciência dos Alimentos, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4615
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCA - Ciência dos Alimentos - Doutorado (Teses)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.