Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/46288
Título: Caracterização e uso do biocarvão de bagaço de malte visando o tratamento de esgoto sanitário
Título(s) alternativo(s): Characterization and use of malt bagasse biochar for the treatment of sanitary sewage
Autor : Carmona, Iara Nobre
Lattes: http://lattes.cnpq.br/9504517003223335
Primeiro orientador: Bianchi, Maria Lucia
Primeiro membro da banca: Oliveira, Tiago José Pires de
Segundo membro da banca: Penido, Evanise Silva
Terceiro membro da banca: Sá, Vânia Aparecida de
Palavras-chave: Resíduos agroindustriais
Matéria orgânica
Bagaço de malte
Biocarvão
Efluentes
Agro-industrial waste
Organic matter
Effluents
Buichar
Malt bagasse
Data da publicação: 17-Mai-2021
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: CARMONA, I. N. Caracterização e uso do biocarvão de bagaço de malte visando o tratamento de esgoto sanitário. 2021. 52 p. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia da Madeira) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2021.
Resumo: A indústria cervejeira gera muito resíduo sólido durante o processo de produção. Grande parte deste resíduo (bagaço de malte) é utilizado na alimentação animal ou adubação em campos. Porém, muitas cervejarias não o reutilizam. As indústrias tentam manter os custos de minimização de resíduos tão baixos quanto possível, ao passo que a legislação pertinente se mantém restritiva. Nesse sentido, o estudo teve como objetivo avaliar a eficiência de biocarvões produzidos a partir de bagaço de malte, no tratamento de esgoto sanitário. O bagaço de malte foi caracterizado quimicamente. Foram empregados dois pré-tratamentos nas amostras de bagaço de malte antes da produção dos biocarvões, além da testemunha: (i) lavagem do bagaço de malte com água fria e (ii) lavagem do bagaço de malte com água quente, ambos com mesmo volume de água. As amostras tratadas e não tratadas, de granulometria entre 40 e 60 mesh, foram pirolizadas nas temperaturas de 350 e 500 °C, com taxa de aquecimento de 10 °C min-1, durante 2 horas. Os biocarvões foram caracterizados quanto à análise química imediata, CHNS-O, TG, FTIR e cálculo de área superficial estimada. Para a realização do tratamento do efluente por adsorção, foram utilizados os seis biocarvões preparados. Dessa forma, foi realizado um planejamento fatorial 22. Os níveis das variáveis em estudo nesse planejamento foram: massa (0,3 e 0,9 g) e agitação (200 e 300 rpm). A variável resposta analisada foi a eficiência de remoção de Carbono Orgânico Total (TOC). O bagaço de malte apresenta características desejáveis para um material precursor, como o alto teor de carbono fixo (≈ 20%) e teor elevado de extrativos (≈29%). Os pré-tratamentos de lavagem do material em água fria e em água quente não influenciaram nas propriedades dos biocarvões. As melhores condições de adsorção em biocarvão de bagaço de malte resultaram em uma remoção de aproximadamente 38% de TOC com os biocarvões produzidos a 500 oC sem lavagem e produzido a 350 oC, lavado com água quente. Esse número representa um indicativo de aplicabilidade dos biocarvões de bagaço de malte na remoção de matéria orgânica.
Abstract: The brewing industry generates a lot of solid waste during the process. Much of this residue (malt bagasse) is used in animal feed or fertilization in fields. However, many breweries do not reuse it. Industries try to keep waste minimization costs as low as possible, while relevant legislation remains restrictive. In this sense, the study aimed to evaluate the efficiency of biochars produced from malt bagasse in the treatment of sanitary sewage. Malt bagasse was chemically characterized. Two pretreatments were used in the samples of malt bagasse before the production of the biochars, in addition to the control: (i) washing the malt bagasse with cold water and (ii) washing the malt bagasse with hot water, both with the same volume of water. The treated and untreated samples, with a particle size between 40 and 60 mesh, were pyrolyzed at temperatures of 350 and 500 ° C, with a heating rate of 10 ° C min-1, for 2 hours. Biochars were characterized in terms of immediate chemical analysis, CHNS-O, TG, FTIR and estimated surface area calculation. To perform the treatment of the effluent by adsorption, the six biochars prepared were used. Thus, a factorial design 22 was carried out. The levels of the variables under study in this planning were: mass (0.3 and 0.9 g) and agitation (200 and 300 rpm). The response variable analyzed was the removal efficiency of Total Organic Carbon (TOC). Malt bagasse has desirable characteristics for a precursor material, such as high fixed carbon content (≈ 20%) and high extractive content (≈29%). The pre-treatments for washing the material in cold water and in hot water did not influence the properties of the biochars. The best adsorption conditions in malt bagasse biochar resulted in a removal of approximately 38% of TOC with the 500-S (500 oC/not washed) and 350-Q (350oC/washed with hot water) biochars. This number represents an indication of the applicability of malt bagasse biochars in the removal of organic matter.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido da autora até maio 2022.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/46288
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.