Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/46700
Título : Effect of maturation stage on the physical, chemical and biochemical composition of black mulberry
Título(s) alternativo(s): Efeito do estádio de maturação na composição física, química e bioquímica de amora-preta
Efecto de la etapa de maduración sobre la composición física, química y bioquímica de la mora
Autor: Lago, Rafael Carvalho do
Silva, Jéssyca Santos
Pinto, Kelly Moreira
Rodrigues, Lucas Ferreira
Vilas Boas, Eduardo Valério de Barros
Palavras-chave: Morus nigra L.
Antocianinas
Pectina
Pectina metilesterase
Poligalacturonase
Anthocyanins
Pectin
Pectin methylesterase
Polygalacturonase
Publicador: CDRR Editors
Data da publicação: Mar-2020
Referência: LAGO, R. C. do et al. Effect of maturation stage on the physical, chemical and biochemical composition of black mulberry. Research, Society and Development, Vargem Grande Paulista, v. 9, n. 4, e49942824, 2020. DOI: 10.33448/rsd-v9i4.2824.
Resumo : Este trabalho teve como objetivo avaliar as características físicas, químicas e bioquímicas da amoreira preta (Morus nigra L.) cultivada em Lavras, Minas Gerais, Brasil, em diferentes estádios de maturação. Os frutos foram colhidos e separados em cinco estádios diferentes, de acordo com a cor da superfície. Posteriormente, os frutos foram submetidos às análises físicoquímicas e análise da atividade da pectina metilesterase e poligalacturonase. Com o avanço dos estádios de maturação da amoreira preta, foi possível observar a degradação da clorofila com a síntese concomitante de antocianina. Houve aumento do teor de sólidos solúveis, açúcares e pH, diminuição da acidez total e da taxa respiratória, bem como diminuição da pectina total e aumento da pectina solúvel. Além disso, foi observado um aumento da atividade das enzimas pectina metilesterase e poligalacturonase e consequente amolecimento dos frutos.
Abstract: This work aimed to evaluate the physical, chemical and biochemical characteristics of black mulberry (Morus nigra L.) cultivated in Lavras, Minas Gerais, Brazil, at different maturation stages. The fruits were harvested and separated into five different stages according to the color of the surface. Afterwards, the fruits were submitted to the physical and chemical analyses and analysis of pectin methylesterase and polygalacturonase activity. With the advancement in maturation stages of black mulberry, it was possible to observe chlorophyll degradation with concomitant anthocyanin synthesis. There was an increase in soluble solids contents, sugars and pH, decrease of total acidity and respiratory rate as well as decrease of total pectin and increase of the soluble pectin. Furthermore an increase of the activity of the enzymes pectin methylesterase and polygalacturonase and the consequent softening of the fruits was also noted.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/46700
Idioma: en
Aparece nas coleções:DCA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Effect of maturation stage on the physical, chemical and biochemical composition of black mulberry.pdf272,68 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons