Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/925
Título: Proteômica comparativa da expressão da qualidade sensorial de genótipos de Bourbon em diferentes ambientes
Autor : Mendonça, Letícia Maria Coelho
Primeiro orientador: Alves, José Donizeti
Primeiro membro da banca: Borém, Flávio Meira
Paiva, Luciano Vilela
Área de concentração: Proteômica Vegetal
Palavras-chave: Café - Qualidade
Proteínas
Interação genótipo-ambiente
Bourbon
Coffee - Quality
Proteins
Data da publicação: 2013
Agência(s) de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: MENDONÇA, L. M C. Proteômica comparativa da expressão da qualidade sensorial de genótipos de Bourbon em ambientes diferentes. 2012. 82 p. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia Vegetal) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: The Bourbon cultivar has a high potential for producing high quality coffee, being very valuable for the specialty coffee market. It is known that several factors influence the beverage quality. It is believed, however, that the genotype interaction and the environment has one of the most important contribution to the final quality definition of the beverage coffee. Several chemical and biochemical descriptors have been used to study changes of quality coffee, including carbohydrates, enzymes, lipids and proteins. Proteins, besides important components in the formation of flavor and coffee aroma during roasting, also have a fundamental role in the raw grain metabolism, contributing to define their chemical composition. This work was carried out as the objective to study the differential proteomic profile of the interaction among three genotypes of Bourbon and a New World grown in two environments in order to relate them with the beverage quality. The proteomic profiles were obtained by dimensional electrophoresis, using the Multiphor II system (GE Lifesciences) and the gels stained with Comassie blue G250, with subsequent image analysis. Spots were considered differentially expressed, those having an expression difference of at least 2X, and result in significant T test. Proteinic points that showed strong interference evidence on beverage quality were selected for further sequencing and obtaining confirmation of this association. The results obtained in this study showed that there are differences in the protein profile of the same genotype grown in different environments, while maintaining the same cultural practices, harvest and post-harvest, and also differences among three genotypes studied when grown in the same environment and with the same cultural practices. But still do not know the interference level of this proteic variation in beverage quality of the coffee or even how this occurs, after sequencing, this relation can be traced and the proteins that are actually active, can be used from many ways, for example, as molecular markers of quality or in the genetic coffee improvement, helping in obtaining better quality coffees. This research demonstrates the effectiveness of the proteomic tool in studies of beverage quality coffee, generating margin to several other future works, that will be of paramount importance
A cultivar Bourbon apresenta elevado potencial para produção de cafés de alta qualidade, sendo muito valorizada no mercado de cafés especiais. Sabe-se que diversos fatores influenciam na qualidade de bebida. Acredita-se, no entanto, que a interação genótipo e ambiente apresenta uma das mais relevantes contribuições para a definição da qualidade final da bebida do café. Diversos descritores químicos e bioquímicos têm sido usados para estudar as alterações da qualidade do café, entre eles carboidratos, enzimas, lipídios e proteínas. As proteínas, além de importantes componentes na formação do sabor e aroma do café durante a torração, também possuem papel fundamental no metabolismo do grão cru, contribuindo na definição da sua composição química. Este trabalho foi realizado como o objetivo de se estudar o perfil proteômico diferencial da interação entre três genótipos de Bourbon e um de Mundo Novo cultivados em dois ambientes a fim de relacioná-los com a qualidade de bebida. Os perfis proteômicos foram obtidos por meio de eletroforese bidimensional, usando o sistema Multiphor II (GE Lifesciences), sendo os géis corados com azul de Comassie G250, com posterior análise das imagens. Foram considerados spots diferencialmente expressos, aqueles que apresentam diferença de expressão de pelo menos 2X e resultado significativo no teste T. Pontos proteicos que apresentaram fortes evidências de interferência na qualidade da bebida foram selecionados para posterior sequenciamento e obtenção da confirmação dessa associação. Os resultados obtidos neste trabalho demonstraram que existem diferenças no perfil proteico de um mesmo genótipo cultivado em ambientes diferentes, mantendo-se as mesmas práticas culturais, de colheita e pós-colheita, e também, diferenças entre os três genótipos estudados quando cultivados em um mesmo ambiente e com as mesmas práticas culturais. Porém, ainda não se sabe o nível de interferência dessa variação proteica na qualidade da bebida dos cafés nem de que forma isso ocorre, após o sequenciamento, essa relação poderá ser traçada e as proteínas que realmente forem atuantes, poderão ser usadas de inúmeras formas, por exemplo, como marcadores moleculares de qualidade ou então, no melhoramento genético de cafeeiro, ajudando na obtenção de cafés de melhor qualidade. Essa pesquisa evidencia a eficiência da ferramenta proteômica em estudos de qualidade de bebida de café, gerando margem a diversos outros trabalhos futuros, que serão de suma importância
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do curso de Pós-Graduação em Biotecnologia Vegetal, área de concentração Proteômica Vegetal, para obtenção do título de Mestre
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/925
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:PPBV - Biotecnologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.