DSpace
Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Microbiologia Agrícola - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/960

Título: Produção de lipídeos e ácido cítrico por levedura selvagem crescida em glicerol
Autor(es): Teixeira, Karla Silva
Orientador: Dias, Disney Ribeiro
Coorientador(es): Schwan, Rosane Freitas
Membro da banca: Ávila, Carla
Carvalho, Diogo Teixeira
Área de concentração: Microbiologia Agrícola
Assunto: Biodiesel
Microorganismo oleaginoso
Biodiesel subproduto
Oleaginous yeast
Byproduct biodiesel
Data de Defesa: 17-Abr-2013
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: TEIXEIRA, K. S. Produção de lipídeos e ácido cítrico por levedura selvagem crescida em glicerol. 2013. 87 p. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agrícola) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: O aumento rápido nos valores do petróleo bruto, e a diminuição na oferta têm despertado o interesse pelos biocombustíveis nos últimos anos. Alternativas de combustíveis renováveis estão recebendo considerável atenção, sendo o biodiesel um dos mais proeminentes recursos. Glicerol é o principal subproduto obtido a partir da produção do biodiesel, e é responsável por aproximadamente 10% do volume total do biodiesel produzido. Tendo em vista o crescimento de leveduras em meio contendo glicerol como fonte de carbono, o objetivo com este trabalho foi utilizar o glicerol bruto, obtido a partir da produção de biodiesel, para o cultivo de leveduras selvagens, visando à produção de lipídeos microbianos contribuindo para a produção de biodiesel e ácido cítrico. Quarenta leveduras foram testadas quanto ao crescimento em glicerol bruto e comercial. Quatro leveduras (Lidnera saturnus UFLA CES-Y677, Yarrowia lipolytica UFLA 9.4, Rhodotorula glutinis NCYC 2439 e Cryptococcus curvatus NCYC 476) foram então selecionadas para testes em concentrações elevadas de glicerol bruto e comercial (10 20 e 30%). A levedura Y. lipolytica UFLA 9.4 foi selecionada devido sua capacidade em se manter viável em concentrações de 30% de glicerol bruto e seu alto consumo de glicerol ao longo da fermentação. Esta levedura foi então submetida a testes para produção de lipídeos, onde em concentrações de 30 g/L de glicerol bruto obteve-se 63,4% de lipídeos microbianos. No perfil de ácidos graxos houve o predomínio dos ácidos esteárico e palmítico. Na otimização dos parâmetros para a produção de ácido cítrico e foi observado uma produção de 0,19 g/L nas condições de 30 ºC, 184 rpm de agitação e 38,4 g/L de glicerol bruto. Concluindo que a levedura Yarrowia lipolytica UFLA 9.4 em condições adequadas apresenta capacidade em produzir quantidades consideráveis de lipídeos e ácido cítrico.
The rapid increase in the value of crude petroleum and the decrease in the supply have awakened the interest biofuels in recent years. Alternatives for renewable fuels have been receiving a considerate amount of attention, with biodiesel being one of the most prominent resources. Glycerol is the main byproduct obtained in the production of biodiesel and is responsible for approximately 10% of the total volume of biodiesel produced. Bearing in mind the growth of yeast in a medium containing glycerol as a source of carbon, the objective of this work was to use crude glycerol, obtained from the production of biodiesel, to cultivate wild yeast, aiming at the production of microbial lipids contributing for the production of biodiesel and citric acid. Forty yeasts were tested in regard to growth in crude and commercial glycerol. Four yeasts (Lidnera saturnus UFLA CES-Y677, Yarrowia lipolytica UFLA 9.4, Rhodotorula glutinis NCYC 2439 and Cryptococcus curvatus NCYC 476) were selected for testing in elevated crude and commercial glycerol concentrations (10, 20 and 30%). The Y. lipolytica yeast UFLA 9.4 was selected due to its capacity of maintaining viable in concentrations of 30% of crude glycerol and its high glycerol intake along the fermentation. This yeast was then submitted to lipid production tests which, in concentrations of 30 g/L of crude glycerol, obtained 63.4% of microbial lipids. In the fatty acid profile, occurred the predominance of the acids stearic and palmitic. We observed the production of 0.19 g/L in the parameter optimization for the formation of citric acid, in conditions of 30 oC, agitation of 184 rpm and 38.4 g/L of crude glycerol. We concluded that the Yarrowia lipolytica UFLA 9.4 yeast, in adequate conditions, presents the capacity of producing considerable amounts of lipids and citric acid.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola, área de concentração em Microbiologia Agrícola, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/960
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Microbiologia Agrícola - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Produção de lipídeos e ácido cítrico por levedura selvagem crescida em glicerol.pdf1,42 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback