Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2905
Título: Conservação pós-colheita de uvas Red Globe tratadas com cloreto de cálcio
Título(s) alternativo(s): Physical-chemical Characteristics of Red Globe grapes treated with Calcium chloride
Autor : Carvalho, Geny Lopes de
Primeiro orientador: Lima, Luiz Carlos de Oliveira
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Ferraz, Vany Perpétua
Primeiro membro da banca: Morais, Augusto Ramalho de
Gonçalves, Neide Botrel
Palavras-chave: Uva - Pós-colheita
Uva - Qualidade
Uva - Conservação
Cloreto de Cálcio
Grape - Post-harvest
Data da publicação: 18-Ago-2014
Referência: CARVALHO, G. L. de. Conservação pós-colheita de uvas 'Red Globe' tratadas com cloreto de cálcio. 2006. 203 p. Dissertação (Mestrado em Ciência dos Alimentos)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
Resumo: Foram utilizadas uvas ´Red Globe´ (Vitis vinifera L) cultivadas em Jales, região noroeste do estado de São Paulo. Os frutos foram tratados por imersão durante 10 minutos em soluções de cloreto de cálcio (CaCl2) a 0, 1, 2 e 3% e armazenados a temperatura de 0ºC e 90 + 3% de UR por 30, 60 e 90 dias; após cada período de armazenamento os frutos foram deixados em temperatura ambiente (20 a 25ºC) e analisados aos 0, 3 e 6 dias, considerados tempos de vida de prateleira. O experimento foi conduzido no delineamento inteiramente casualizado, com três repetições, sendo os tratamentos dispostos em esquema fatorial 4x3x3 (concentrações de CaCl2 x tempo de armazenamento x tempo de prateleira). Foram feitas avaliações de perda de massa (%), degrana (%), cor (L e "a"), malvidina (mg/100g), sólidos solúveis totais - SST (%), acidez titulável - AT (%), ácido tartárico (%), pH, SST/AT, açúcares totais (%), açúcares redutores (%), açúcares não redutores (%), frutose (%), glicose (%), fenólicos totais (mg/100g), riboflavina, cálcio da parede celular, firmeza, rendimento da parede celular, celulose, hemicelulose e pectina. Os resultados obtidos foram submetidos a análises de variância e regressão e através dos mesmos concluiu-se que: independente do tratamento com CaCl2 a vida útil da cv. ´Red Globe´ armazenadas sob refrigeração é de 90 dias. Após a retirada da câmara refrigerada os frutos podem ser mantidos até 3 dias. Os tratamentos com cálcio apresentaram efeito na percentagem de degrana. O maior percentual de degrana ocorreu aos 6 dias de prateleira. Os tratamentos com CaCl2 não tiveram efeito nos teores de SST. Aumentaram os valores da relação SST/AT, açúcares totais, não redutores, frutose, glicose, fenólicos totais, pH, malvidina, valores de L e "a", textura, celulose, hemicelulose, pectina (em poucos tratamentos). Diminuíram os teores de ácido tartárico e aos 90 dias de armazenamento açúcares totais, redutores e frutose. Com o tempo de armazenamento e vida de prateleira ocorreram acréscimos na relação SST/AT, atingindo o mínimo de 20:1 em 99,22% dos tratamentos. As variações ocorridas com o tempo de armazenamento e vida de prateleira, dependeram da concentração de CaCl2 e do tempo de prateleira e armazenamento respectivamente.
´Red Globe´ (Vitis vinifera L) grown in Jales, northeast of São Paulo State, Brazil, were studied. The fruit were treated by 10-minute immersion in calcium chloride (CaCl2) solutions 0, 1, 2, and 3% and stored at 0°C and 90 + 3% RH for 30, 60, and 90 days. After each storage period, the fruit were brought to room temperature (20-25 °C) and analyzed on the 0, 3rd, and 6th days, considering shelf life. The experiment design was completely randomized with a 4x3x3 factorial scheme (CaCl2 concentration x storage time x shelf life) with three repetitions. Mass loss (%), abscission (%), color (L and "a), malvidine (mg/100 g), total soluble solids - TSS (%), titratable acidity - TA (%), tartaric acid (%), pH, TSS/TA, total sugars (%), reducing sugars (%), non-reducing sugars (%), fructose (%), glucose (%), total phenolics (mg/100 g), riboflavin, cell wall, calcium, firmness, cell wall yield, cellulose, hemicelulose and pectin were evaluated. The results obtained were submitted to variance and regression analyses. It was concluded that, regardless of the CaCl2 treatment, the shelf life of cv. Red Globe stored under refrigeration was 90 days. After removal from the refrigerated stored room, the fruit could be stored up to 3 days as on the 6th day is was observed a mass loss over the limit of 6%. Fruit treated with CaCl2 presented effect on percent abscission. Abscission was higher than in the control group (CaCl2 0%) and at after 6 days on shelf. CaCl2 treatment did not influence TSS content. CaCl2 treatment (1, 2, and 3%) increased the TSS/TTA ratio, total sugars (30 and 60 days), non-reducing sugars, fructose (30 and 60 days), glucose, total phenolics, pH, malvidine, and L and "a" values, texture, cellulose, hemicellulose and pectin(some treatments). It was observed decreases in content, tartaric acid (59.26% of the treatments), total sugars and reducing-sugar contents, and fructose after 90-day storage. Storage time led to decrease in tartaric acid content. Storage time and shelf life was correlated with increases in TSS/TA ratio, reaching a minimum of 20:1 in 99.22% of the treatments, while total phenolics, L and "a" values increased with storage time. It was observed decreases in tartaric acid during storage time. Variations in total sugars, reducing and non-reducing sugars contents, fructose, and glucose during storage time and shelf life were dependent on CaCl2 concentrations and shelf life and storage time, respectively.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2905
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Conservação pós-colheita de uvas Red Globe tratadas com cloreto de cálcio.pdf2,41 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.