Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCA - Departamento de Ciência dos Alimentos >
DCA - Programa de Pós-graduação >
DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3342

Título: Atividade antimicrobiana de óleos essenciais frente à Salmonella enterica Enteritidis inoculada em carne moída bovina
Título Alternativo: Antimicrobial activity of essential oils against Salmonella enterica Enteritidis inoculated in ground beef
Autor(es): Soares, Rodrigo de Araújo
Orientador: Piccoli, Roberta Hilsdorf
Coorientador(es): Cardoso, Maria das Graças
Membro da banca: Mendonça, Alexandre Tourino
Área de concentração: Ciência dos Alimentos
Assunto: Alimentos - Aditivos
Alimentos - Microbiologia
Bactericidas
Segurança alimentar
Carne bovina
Food microbiology
Food safety
Bactericidal
Data de Defesa: 9-Ago-2010
Data de publicação: 29-Ago-2014
Referência: SOARES, R. de A. Atividade antimicrobiana de óleos essenciais frente à Salmonella enterica Enteritidis inoculada em carne moída bovina. 2010. 95 p. Dissertação (Mestrado em Ciência dos Alimentos)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: Was studied the antimicrobial effect of essential oils of oregano (Origanum vulgare) and lemongrass (Cymbopogon citratus) against Salmonella enterica Enteritidis S64 in vitro and inoculated in ground beef under refrigeration during six days of storage. It was found the action of these oils also on the accompanying microbiota, in the last day of storage. The essential oils were extracted by hydrodistillation in a modified Clevenger apparatus, and in vitro test was done based on the method of Agar Diffusion cavity. Was obtained thus the Minimum Inhibitory Concentration (MIC) that was equal to 0.39% v/v for the two oils. From this result, it was stipulated the minimum and maximum concentration for the treatment of samples of ground beef inoculated with Salmonella enterica Enteritidis S64 in concentration of 105 CFU /g, stored for 6 days under refrigeration (7ºC). On days 0, 1, 2, 4 and 6 days of storage, microbiological tests were performed to quantify the population of Salmonella in meat and remaining associated with the antimicrobial effect of the oils. In parallel was observed the evolution of psychrotrophic microorganisms in a control sample (without oil and without inoculum) and the effect of oils on psychrotrophic microorganisms on the sixth day of storage on meat inoculated with Salmonella. Both oils were effective in reducing the pathogen population and psychrotrophic microorganisms. Concentrations of 1.56% and 3.125% v/w oil lemongrass showed bactericidal activity 100% against Salmonella, soon in the first hours of contact (time 0). But the oil of oregano has achieved the same result with one day of storage at a concentration of 3.125% and 1.56% for four days. The largest reduction of psychrotrophic microbiota was achieved by treatment with oregano concentration 3.125% v/w, which although not eliminate altogether, achieved the largest reduction (5.19 Log CFU).
Foi estudado o efeito antimicrobiano de óleos essenciais de orégano (Origanum vulgare) e capim-limão (Cymbopogon citratus) sobre Salmonella enterica Enteritidis S64 in vitro e inoculada em carne moída bovina sob refrigeração durante seis dias de armazenamento. Foi verificada a ação destes óleos também sobre a microbiota acompanhante, no último dia de armazenamento. Os óleos essenciais utilizados foram extraídos através de hidrodestilação em aparelho de Clevenger modificado, e o teste in vitro foi feito baseado no método de Difusão Cavidade em Ágar. Obteve-se, assim, a Concentração Mínima Inibitória (CMI) que foi igual a 0,39% v/v para os dois óleos. A partir desse resultado, foi estipulada a concentração mínima e máxima para o tratamento de amostras de carne moída bovina inoculada com Salmonella enterica Enteritidis S64 na concentração de 105 UFC/g, estocada por 6 dias sob refrigeração (7ºC). Nos dias 0, 1, 2, 4 e 6 dias de armazenamento, foram feitas análises microbiológicas a fim de quantificar a população de Salmonella remanescente na carne e associar com o efeito antimicrobiano dos óleos. Paralelamente, foi observada a evolução da microbiota psicrotrófica na amostra controle (sem óleo e sem inóculo) e o efeito dos óleos sobre microrganismos psicrotróficos no sexto dia de armazenamento na carne inoculada com Salmonella. Ambos os óleos foram efetivos na redução da população do patógeno e da microbiota psicrotrófica. As concentrações de 1,56% e 3,125% v/p do óleo de capim-limão mostrou atividade bactericida de 100% contra Salmonella, logo nas primeiras horas de contato (tempo 0). Já o óleo de orégano conseguiu o mesmo resultado com um dia de armazenamento na concentração de 3,125% e de quatro dias para 1,56%. A maior redução da microbiota psicrotrófica foi conseguida pelo tratamento com orégano na concentração 3,125% p/v, que apesar de não a eliminar por completo, conseguiu a maior redução (5,19 Log UFC).
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3342
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Atividade antimicrobiana de óleos essenciais frente à Salmonella enterica Enteritidis inoculada em carne moída bovina.pdf669,67 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback