Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCA - Departamento de Ciência dos Alimentos >
DCA - Programa de Pós-graduação >
DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3347

Título: Qualidade de pimentão armazenado sob refrigeração em atmosfera modificada
Título Alternativo: Quality of sweet pepper stored under refrigeration in modified atmosphere
Autor(es): Leme, Suzana Chitarra
Orientador: Chitarra, Adimilson Bosco
Membro da banca: Lima, Luiz Carlos de Oliveira
Giannoni, Juliana Audi
Assunto: Pimentão - Pós-colheita
Pimentão - Embalagens
Pimentão - Temperatura
Sweet pepper
Data de Defesa: 4-Mar-2008
Data de publicação: 29-Ago-2014
Referência: LEME, S. C. Qualidade de pimentão armazenado sob refrigeração em atmosfera modificada. 2008. 71 p. Dissertação (Mestrado em Ciência dos Alimentos)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: The evaluation of different packages in the prolongation of the shelf - life and maintenance of the quality of sweet pepper (Capsicum annuum L.) Konan R hybrid was intended in this work. The sweet peppers were purchased in the town of Ijaci (MG), washed in running water and neutral detergent, sanitized with 200mg L-1 sodium hypochlorite for 15 minutes, dried at the temperature of 18ºC and submitted to the following treatments: Control: fruits packed in polystyrene-plastic foam tray - (18x12,5x4 cm) without packing; fruits packed in polystyrene-plastic foam trays (18x12,5x4 cm) wrapped manually with flexible PVC film (14mm of thickness); fruits packed in bioriented BOPP polypropylene packages (30x25 cm) and sealed in a Tec Maq AP450 sealer. Next, the packages were stored in chambers at (10± 1ºC) and 95%RH for 28 days. The analyses were performed every 4 days: mass loss, respiratory rate, coloration, firmness, soluble solids, titratable acidity, pH, vitamin C, total chlorophyll, tannins, total pectin, cellulose and hemicellulose. The experiment was conducted in the Food Science Department of the Federal University of Lavras in a completely randomized design. The statistical analyses were performed with the aid of the R software. The treatments were arranged by a 3x8 factorial, made up of 3 treatments (control, PVC and BOPP), eight storage times (0, 4, 8, 12, 16, 20, 24, 28 days). For analysis of respiratory rate, the factorial scheme was 2x7, constituted of 2 treatments (PVC and BOPP) and seven storage times (0, 4, 8, 12, 16, 20, 24 days). The two tested packages are effective in the maintenance of post-harvest quality of the sweet pepper relative to the control, however, the sweet peppers stored in BOPP stood out with less loss of mass, lower respiratory rate and greater firmness during storage. Useful life for marketing of the sweet peppers is of 24 days, for the fruits packed in flexible package (BOPP), 20 days for the fruits wrapped with PVC film and 12 days for the fruits in the control group.
Objetivou-se neste trabalho a avaliação de diferentes embalagens no prolongamento da vida útil e manutenção da qualidade de pimentão (Capsicum annuum L.) híbrido Konan R. Os pimentões foram adquiridos no município de Ijaci (MG), lavados em água corrente e detergente neutro, sanificados com hipoclorito de sódio 200mg L-1 por 15 minutos, secos à temperatura de 18ºC e submetidos aos seguintes tratamentos: controle: frutos acondicionados em bandeja de poliestireno - isopor (18x12,5x4 cm) sem embalagem; frutos acondicionados em bandeja de poliestireno - isopor (18x12,5x4 cm) envolta manualmente com filme de PVC (14 mm de espessura); frutos acondicionados em embalagem flexível (30x25 cm) de polipropileno biorientado (BOPP) e selados em seladora Tec Maq AP450. Em seguida as embalagens foram armazenadas em câmara a (10± 1ºC) e 95% UR por 28 dias. As análises foram realizadas a cada 4 dias: perda de massa, taxa respiratória, coloração, firmeza, sólidos solúveis, acidez titulável, pH, vitamina C, clorofila total, taninos, pectina total, celulose e hemicelulose. O experimento foi realizado no Departamento de Ciência dos Alimentos da Universidade Federal de Lavras, em delineamento inteiramente casualizado. As análises estatísticas foram realizadas com o auxílio do software R. Os tratamentos foram dispostos por um fatorial 3x8, constituídos por 3 tratamentos (controle, PVC e BOPP), oito tempos de armazenamento (0, 4, 8, 12, 16, 20, 24, 28 dias). Para análise de taxa respiratória, o esquema fatorial foi 2x7, constituídos por 2 tratamentos (PVC e BOPP) e sete tempos de armazenamento (0, 4, 8, 12, 16, 20, 24 dias). As duas embalagens testadas são eficazes na manutenção da qualidade pós-colheita do pimentão em relação ao controle, entretanto, os pimentões armazenados em (BOPP) destacam-se com menor perda de massa, menor taxa respiratória e maior firmeza durante o armazenamento. A vida útil para comercialização dos pimentões é de 24 dias para os frutos acondicionados em embalagem flexível (BOPP), 20 dias para os frutos envoltos com filme PVC e 12 dias para os frutos do grupo controle.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3347
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Qualidade de pimentão armazenado sob refrigeração em atmosfera modificada.pdf445,68 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback