Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCA - Departamento de Ciência dos Alimentos >
DCA - Programa de Pós-graduação >
DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3399

Title: Relação entre a adição de sacarose e pectina, comportamentos reológicos e dinâmicas do congelamento e descongelamento de polpas de morango e abacaxi
Other Titles: Relation among the rheologic behaviour and the dynamics of freezing and thawing of strawberry and pineapple pulp with the addition of sucrose and pectin
???metadata.dc.creator???: Fernandes, Tatiana Nunes
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Resende, Jaime Vilela de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Prado, Mônica Elisabeth Torres
Corrêa, Jefferson Luiz Gomes
Peres, Alexandre de Paula
Keywords: Polpa de frutas - Refrigeração
Polpa de frutas - Descongelamento
Reologia
Pulp fruits - Freezing
Pulp fruits - Thawing
Rheology
???metadata.dc.date.submitted???: 25-Feb-2008
Issue Date: 1-Sep-2014
Citation: FERNANDES, T. N. Relação entre a adição de sacarose e pectina, comportamentos reológicos e dinâmicas do congelamento e descongelamento de polpas de morango e abacaxi. 2008. 154 p. Dissertação (Mestrado em Ciência dos Alimentos)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
???metadata.dc.description.resumo???: Polpas de morango (Fragaria ananassa) e de abacaxi (Ananás comosus), adicionadas de sacarose e pectina, foram caracterizadas quanto às propriedades físico-químicas e reológicas. As relações entre o comportamento reológico, as dinâmicas de congelamento e descongelamento e a microestrutura dos cristais de gelo das polpas de cada fruta foram estabelecidas. A caracterização físico-química (teor de sólidos solúveis, atividade de água, cor, pH, acidez titulável e umidade) e reológica das amostras foi feita antes e depois do processo de congelamento/descongelamento. O congelamento das amostras foi realizado em banho ultratermostático, a -20°C, em recipiente de aço inoxidável isolado no fundo, de modo a ter transferência de calor unidimensional em cilindro infinito. Durante o congelamento, foram registradas as temperaturas com intervalos de 2 minutos, até 3 horas de processo, com o auxílio de dois termopares posicionados no centro geométrico e na lateral. A fração de gelo das amostras foi estimada por modelos teóricos usando a umidade e a temperatura de início de congelamento dos sistemas medidos experimentalmente. Durante o congelamento, foram retiradas amostras, a cada 60 minutos, para a avaliação da concentração por polarização. As amostras foram descongeladas a 19°C. O processo de descongelamento foi avaliado pela relação tempo versus aumento de superfície plana, com temperatura controlada do ambiente em 19°C. As áreas foram obtidas por edição de fotografias registradas com intervalo de 2 minutos, até o descongelamento completo em software analisador de imagens. A adição de sacarose e pectina aumentou o teor de sólidos solúveis e diminuiu o teor de umidade, que não foi influenciado pelo processo de congelamento/descongelamento para as polpas de morango e as de abacaxi. A polpa de morango apresentou comportamento de fluido pseudoplástico e a polpa de abacaxi comportamento dilatante. As polpas de ambas as frutas apresentaram o efeito sinérgico da sacarose e pectina em meio ácido, pelo aumento da viscosidade. Os processos de descongelamento das polpas de morango e de abacaxi foram mais rápidos nas amostras mais concentradas de sacarose e pectina. A fração de gelo das polpas de morango não teve influência da adição de sacarose e pectina, comprovando a ausência de concentração por polarização durante o congelamento. A presença dos aditivos diminuiu a fração de gelo das amostras de polpa de abacaxi. As amostras da lateral tiveram formação de gelo mais rápida que no centro das amostras, evidenciando o congelamento unidimensional em cilindro proposto nas polpas de morango e de abacaxi. A microestrutura das polpas de morango e de abacaxi foi influenciada pelos fatores estudados (adição de sacarose e pectina), diminuindo a velocidade da frente de congelamento nas amostras mais concentradas.
Physical-chemical and rheological properties of the strawberry (Fragaria ananassa) and pineapple (Ananás comosus) pulps with sucrose and pectin addition were characterized. Relation among the rheology, freezing and thawing dynamics and ice crystals microstructure of the pulps were established. The characterizations (rheologic and physical-chemical) were done before and after the process of freezing/thawing. Samples were frozen in a water-bath at -20°C, in a stainless steel recipient with a thermal isolated bottom to establish the front freezing direction in an infinite cylinder. During the freezing process the temperatures were registered, with an interval of 2 minutes until complete 3 hours of the process, with two thermocouples located on the geometric center and on the lateral of the recipient. Ice fractions were calculated with mathematical equations. Samples were taken off from the cylinder during the freezing process at each 60 minutes. Thawing process was assessed by the relation among time and surface area growing with the thawing process at 19°C. The addiction of sucrose and pectin increased the soluble solids and decreased the water content, and the freezing process did not influence in these responses for the both pulps. Strawberry pulp was a pseudoplastic fluid and the pineapple pulp dilatant fluid. Both pulps showed a synergic effect of the sucrose and pectin in acid enviroment and this fact confirmed the increase in the viscosity. The thawing processes of the strawberry and pineapple pulps were faster on the most concentrated samples. Strawberry pulp ice fraction did not have influence with the addiction of sucrose and pectin, proving the absence of polarized concentration during the freezing process. The presence of sucrose and pectin decreased the pineapple pulp ice fraction. The microstructure of strawberry and pineapple pulps were influenced by the factors studied decreasing the freezing front velocity on the most concentrated samples.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3399
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Relação entre a adição de sacarose e pectina, comportamentos reológicos e dinâmicas do congelamento e descongelamento de polpas de morango e abacaxi.pdf2.05 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback