Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4418
metadata.artigo.dc.title: Teorias da aprendizagem e gestão do conhecimento: um alinhamento teórico
metadata.artigo.dc.title.alternative: Learning theories and knowledge management: a theoretical alignment
metadata.artigo.dc.creator: Souza, Donizeti Leandro
Sousa, Jorgiane Suelen
Ferrugini, Lílian
Zambalde, André Luiz
metadata.artigo.dc.subject: Teorias da aprendizagem
Epistemologias do conhecimento
Aprendizagem organizacional
Learning Theories
Knowledge’s Epistemologies
Organizational learning
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal Fluminense
metadata.artigo.dc.date.issued: 2013
metadata.artigo.dc.identifier.citation: SOUZA, D. L. et al. Teorias da aprendizagem e gestão do conhecimento: um alinhamento teórico. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração, Rio de Janeiro, v. 7, n. 4, p. 42-57, out./dez. 2013.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O objetivo desse ensaio é apresentar uma investigação entre os pressupostos das teorias da aprendizagem (Behaviorismo, Inteligências Múltiplas e Teoria Construtivista) e sua relação de simetria com as epistemologias da posse e da prática presentes na literatura sobre gestão do conhecimento. Foram identificadas relações de simetria entre a Teoria Behaviorista metodológica com a epistemologia da posse e sua abordagem individual / funcional, na qual o aprendizado muito se assemelha a modelos estruturais de conversão do conhecimento. A Teoria das Inteligências Múltiplas, em conjunto com o Behaviorismo radical, situam-se numa faixa intermediária de alinhamento com as epistemologias da posse e da prática. Por fim, a Teoria Construtivista se aproxima da epistemologia da prática, ao valorizar o aspecto coletivo e dinâmico do conhecimento. Estes achados contribuem para um maior entendimento dos pressupostos das teorias da aprendizagem nas epistemologias da gestão do conhecimento
metadata.artigo.dc.description.abstract: The purpose of this paper is to present an investigation among the assumptions of learning theories (behaviorism, Intelligences Multiple and Constructivist Theory) and its symmetrical relationship to the possession and practice epistemologies found in the literature of knowledge management. They were identified Symmetry relationships between methodological Behaviorist Theory and the epistemology of possession and his individual approach / functional and that learning is very similar to structural models of knowledge conversion. The Multiple Intelligences Theory in conjunction to the radical behaviorism are situated on an intermediate range of alignment to the possession and practice epistemologies. Finally, the Constructivist Theory approaches to the epistemology of practice valuing the collective and dynamic aspect of knowledge. These findings contribute to a greater understanding about assumptions of learning theories in the epistemologies of knowledge management
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://www.uff.br/pae/index.php/pca/article/view/293/227
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4418
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos
DCC - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_Teorias da aprendizagem e gestão do conhecimento_um alinhamento teórico.pdf725,7 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons